Blog do Avallone

Palmeiras: vitória, Borja e Diego Souza

Roberto Avallone

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras venceu o Grêmio (1 a 0, gol contra de Machado) com justiça, jogou melhor quase o tempo inteiro e teve jogadores com interessantes atuações- o estreante Bruno Henrique, Luan, Maike e Keno, por exemplo. Embora disputada a partida por equipes alternativas- a do Palmeiras e a do Grêmio, o jogo foi bem movimentado. O Palmeiras ainda que com a sua quarta vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro, vê que ainda se dividem as opiniões dos torcedores palmeirenses quanto a missão do centroavante da equipe: enquanto alguns elogiam  Borja e seu atual espírito de luta, outros consideram péssima a sua atuação diante do Grêmio, em especial o gol perdido, de cabeça, cara a cara com o goleiro gremista.

Borja, vai ou não dar certo?

Por outro lado, embora declare o seu pessimismo quanto à contratação de Diego Souza-que, pelo andar da carruagem, provavelmente ficará mesmo no  Sport- o técnico Cuca ainda abre a possibilidade de mudar o seu estado de espírito, com notícia mais otimista. E Cuca não deixa de defender Borja, dizendo que ''ele apanha por por ter custado 35 milhões; se tivesse custado 5, ninguém iria falar nada!''

Na minha opinião, Borja ainda pode ter futuro no Palmeiras, jogando melhor e marcando os gols esperados. Mas é preciso ter paciência e um esquema de jogo que lhe propicie as assistências necessárias para estufar as redes. Só que como precaução, a contratação de Diego Souza viria em boa hora, ah, não tenho dúvida de que seria.