PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Roberto Avallone

A vez de Bruno César. E o novo atacante corintiano?

Roberto Avallone

18/02/2014 02h15

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

1- Gilson Kleina, técnico do Palmeiras, foi bem claro: "O Bruno César será relacionado, sim (para o jogo esta quarta-feira, diante do Ituano), só não sei por quanto tempo (irá jogar)- disse no programa "Bem Amigos" do Sport TV.

Quer dizer: acabou o mistério ou pelo menos parte dele, pois Kleina não adiantou se Bruno começará o jogo como titular ou se ficará esperando a vez no banco de reservas. Seja lá como for, deverá fazer a estreia, embora não se saiba por quanto tempo, estreia, aliás, já esperada até com uma certa ansiedade pela torcida do Palmeiras.

E como deveria jogar Bruno César? Bem, se depender de muitos torcedores palmeirenses, ele deveria entrar logo de cara e exatamente no lugar de Mazinho, que não vem jogando bem e nem caiu nas graças da torcida. Bruno seria meia, atuando ao lado de Valdivia na armação, deixando o ataque para Alan Kardec e Diogo (Leandro está suspenso), em formação bem ofensiva.

Para que essa fórmula tenha sucesso é preciso alguns ajustes na marcação e no posicionamento dos jogadores. Valdivia, por exemplo, terá de recuar um pouco mais, pois Bruno César é quase um atacante, enquanto Diogo terá de marcar o lateral-esquerdo adversário, digamos até o meio do campo, cabendo a Wesley maior atenção na marcação, só indo ao ataque na boa.

Coisas simples, nada complicadas, mas nem sempre entendidas pelo jogador brasileiro.

Individualmente, creio que o Palmeiras ganhará qualidade com Bruno César, jogador do drible curto e do chute forte, meia capaz de jogar pela esquerda e também pela direita, pois, canhoto, pode abrir da direita para o meio e arrematar com o pé preferido.

Aos 25 anos, com passagens pelo futebol internacional, Bruno teve como ponto alto no futebol brasileiro o ano da graça de 2010, quando defendia o Corinthians e ganhou os prêmios de revelação do Campeonato Paulista e do Campeonato Brasileiro. Tem currículo.

Vale a pena conferir.

Foto: Getty

Foto: Getty

2- O técnico Mano Menezes voltou a pedir um atacante para o Corinthians. Quem?  Minha confiável fonte corintiana fala em Nilmar, velho conhecido de Mano, mas o centroavante trocou de clube no Quatar e firmou contrato recentemente. Quem sabe?

O que se sabe é que as inscrições de jogadores para o Campeonato Paulista termina nesta terça-feira. É preciso correr contra o tempo. Ah, já chegou um novo reforço corintiano: trata-se de Luciano, 20 anos, ex- Avaí, mas ele é meia-atacante, não o atacante verdadeiro pedido por Mano Menezes.

Caso não dê tempo para mais nada, que tal subir para o elenco principal o menino Malkon, 16 anos, que fez vários gols e um certo sucesso na Copa São Paulo de Futebol Júnior?

Seria, no mínimo, uma tentativa.

Sobre o Autor

Sou Roberto Avallone, jornalista esportivo há mais de 45 anos. Primeiro o jornal, depois o rádio; mais tarde a TV. E finalmente, a tal da internet. Troquei a velha Remington - de som marcante e inspirador - pelo mouse e teclado. Seja qual for o meio, seja qual for o ano corrente, lá estarei eu falando sobre minha grande paixão: o futebol. Tem gente que gosta do que faz. Eu faço o que gosto. A diferença parece sutil - mas não é, e faz toda a diferença. Palpitem, opinem, contestem, concordem e discordem neste blog democrático. Não prometo atualizações minuto-a-minuto, nem respostas a todas as perguntas, mas tenham a certeza de que lerei todas elas e darei o meu melhor em matéria de informações, bastidores e memórias. Sejam bem vindos, caros amigos futeblogueiros.

Blog do Roberto Avallone