PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Roberto Avallone

O Palmeiras preocupado, o Flu ainda mais ameaçado, a Ponte já rebaixada

Roberto Avallone

01/12/2013 01h24

Foto: Aguante Comunicação/Chapecoense

Foto: Aguante Comunicação/Chapecoense

1- Não pela derrota em si para a Chapecoense, por 1 a 0, pois que o time jogou com muitos reservas. E ainda assim, tropeço que surgiu pelos erros dos dois titulares presentes: Juninho pelo corte tolo com a mão direita estendida, dentro da área, e o centroavante Alan Kardec, que desperdiçou as poucas chances de gol.

A preocupação da torcida do Palmeiras está na montagem da equipe para o ano vem. Como já ficou provado que o time se enrosca sempre que tem de lançar mão de reservas, o foco agora está voltado para a renovação de contratos de jogadores fundamentais (o zagueiro Vilson e, principalmente, o atacante Leandro), o que ainda não aconteceu. E, além disso- do básico-, a ansiedade toma conta do torcedor em relação aos reforços desejados, ficando mais na base da especulação, pois a direção do clube adota (com suas razões) sigilo total.

As especulações dos últimos dias envolvem Uendel, lateral-esquerdo da Ponte Preta, assim como Elano, do Grêmio, Lins, veloz atacante do Criciúma, sendo que neste sábado surgiram os nomes de Bruno César (ex- Corinthians) e até o de Pará, lateral-direito do Grêmio.

Reforçar o elenco e renovar alguns contratos, já se sabe que é preciso. Mas é preciso também fazer uma boa limpeza no elenco, diante do que vem sendo exibido ao longo do ano e também nessa derrota para a Chapecoense.

Foto: Guito Moreto

Foto: Guito Moreto

2- Ah, quando Alecsandro fez o gol de empate do Atlético Mineiro, de cabeça, e estabeleceu o empate de 2 a 2, a câmera da tevê flagrou o choro de torcedoras do Fluminense. Outros, homens, mais violentos, tentara, depois da partida, invadir o vestiário do Flu. Situação dramática.

Dramática e crítica, pois dependendo dos resultados deste domingo, o Fluminense, 43 pontos, estará à beira do rebaixamento. E seu último jogo no Campeonato será em Salvador, diante de um Bahia, que por enquanto, continua ameaçado: parada dura!

Vive o Fluminense do elenco caro, autêntica gangorra: campeão num ano, vítima de sobressaltos no outro. Sem jamais evitar os extremos.

Pode ter o Flu se esquecido da estrutura (campo de treinamento, logística, etc.) para dar respaldo aos salários milionários. E logo agora que o ídolo Conca está de volta!

Foto: Rodrigo Villalba

Foto: Rodrigo Villalba

3- E a Ponte Preta já está rebaixada para a Segundona! Com 36 pontos, não tem mais como sair da zona da degola. Verdadeira contradição com a situação que vive na Copa Sul- Americana, onde é finalista para enfrentar o argentino Lanús, tendo, portanto a chance de disputar a Libertadores.

Se assim for, estará repetindo a aventura do Palmeiras deste ano, que, igualmente rebaixado, participou da Libertadores, sendo eliminado pelo Tijuana, no Pacaembu.

São os contrastes do futebol.

Sobre o Autor

Sou Roberto Avallone, jornalista esportivo há mais de 45 anos. Primeiro o jornal, depois o rádio; mais tarde a TV. E finalmente, a tal da internet. Troquei a velha Remington - de som marcante e inspirador - pelo mouse e teclado. Seja qual for o meio, seja qual for o ano corrente, lá estarei eu falando sobre minha grande paixão: o futebol. Tem gente que gosta do que faz. Eu faço o que gosto. A diferença parece sutil - mas não é, e faz toda a diferença. Palpitem, opinem, contestem, concordem e discordem neste blog democrático. Não prometo atualizações minuto-a-minuto, nem respostas a todas as perguntas, mas tenham a certeza de que lerei todas elas e darei o meu melhor em matéria de informações, bastidores e memórias. Sejam bem vindos, caros amigos futeblogueiros.

Blog do Roberto Avallone