Blog do Avallone

Pratto, Borja, Pottker: goleadores em alta

Roberto Avallone

Foto: AFP

Foto: AFP

1- No momento em que escrevo, 19h40, Lucas Pratto já era considerado jogador do São Paulo. É bom esclarecer pois no mundo dos negócios e no Mercado da Bola tudo pode mudar , de repente.

Neste caso. não creio que mude. O São Paulo está realizando uma grande contratação, centroavante da Seleção Argentina, capaz de colocar o tricolor em outro patamar- ao lado de Maicom, Rodrigo Caio, Cueva, Cícero, Wellinton Nem-time duro de ser batido. Mesmo não disputando a Libertadores da América.

Prato, aos 28 anos, além de fazer gols sabe jogar- no argentino Velez já foi segundo atacante, formando dupla de área com Zarate- , cultiva a fama de caráter irrepreensível e segue a linha histórica das grandes contratações do São Paulo, sempre que a equipe requer cuidados especiais. Foi assim desde o começo dos anos 40, quando ousou contratar Leônidas da Silva. depois nos anos 50 ao trazer Zizinho ou no final dos anos 60, quando arrebatou, de uma só vez, Gérson- Canhotinha de Ouro- e Toninho Guerreiro.

Em todos o casos, passou de time discutido a campeão.

Agora, não se sabe. Mas vale pela iniciativa.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

2- Repito que até este momento- agora perto das 20 horas-, Borja está praticamente contratado pelo Palmeiras. Alexandre Matos ainda participa da reunião decisiva com dirigentes do Nacional de Medellin. Não deve haver nenhum problema.

Quanto a Miguel Angel Borja, 24 anos, creio que se trata do melhor centroavante para o Palmeiras: veloz, forte, exímio chutador com a perna direita e com a esquerda, disputou uma Libertadores sensacional  com o Nacional, marcando 5 gols nas últimas quatro partidas decisivas, acabando como campeão da sonhada Taça.

Além disso, terá ao seu lado um meia-armador como Guerra, capaz de descobrir espaços para suas arrancadas rumo ao gol.

Belo reforço!

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

3- Ao que tudo indica, Pottker não mais vestirá a camisa do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Ao que tudo indica, repito, pois já vi muito time recuar e dar um passo para a frente, mas na sequência, dar dois para a frente. Para a torcida corintiana será uma pena se perder mesmo esse centroavante de 23 anos, forte, canhoto, veloz e do drible fácil.

Por que a Ponte Preta fez jogo tão duro? Existe a informação, não confirmada oficialmente, que a italiana Fiorentina será o destino de Pottker lá para o meio do ano. Ou então a expectativa de surgir uma forte proposta européia ou, então… da China, como está na moda.

Ao Corinthians resta acreditar no já ''rodado'' Jô ou, então, nesse menino alto (1 metro e 95), de canelas finas, artilheiro da Copinha e que promete muito: Carlinhos.

Seja lá como for, a bola está com o centroavante.