Topo
Blog do Roberto Avallone

Blog do Roberto Avallone

Categorias

Histórico

Palmeiras, passo importante rumo ao título

Roberto Avallone

2003-11-20T18:22:57

03/11/2018 22h57

Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Não estou garantindo que o Palmeiras será o campeão brasileiro- nem Nostradamus seria capaz de tal profecia- ou que a Taça já está por perto.Aprendi a respeitar os perigos e o jeito imprevisível de ser do futebol.

Mas, convenhamos, as chances palestrinas são grandes depois da vitória no clássico contra o Santos- um "jogão"- por 3 a 2, no Allians Parque, diante de quase 40 mil pessoas,três dias depois de sair fora da Libertadores, na semifinal, com o empate (2 a 2) diante do Boca Juniors.

E a maneira como Palmeiras venceu o Santos dá mais indícios, ainda, de que o título de campeão pode acontecer. É que depois de um ótimo primeiro tempo, em que venceu o Santos por dois a zero e ainda desperdiçou chances (Lucas Lima não fez um gol imperdível) contra nenhum perigo oferecido pelo adversário, bem que a equipe de Felipão teve de penar na etapa final.

Por ironia do futebol, Edu Dracena que marcara seu primeiro gol pelo Palmeiras em 107 jogos pelo clube, cometeu falha bizarra na etapa final, propiciando a Copete o gol de número 1 do Santos. Aí, o jogo pegou fogo.Melhor em campo a essa altura, o Santos partiu ainda mais para o ataque  e logo empatou a partida através do arremate, dentro da área, do lateral-esquerdo Dodô.

Era um momento crítico para o Palmeiras, pois o Santos vinha de uma semana inteira de treinos. enquanto a equipe de Felipão vinha desgastada, eliminada da Libertadores só há três dias e pairou o suspense do que poderia acontecer no clássico.

Foi aí que surgiu a falta, bem antes da área, à média- distância, em detalhe que parecia testar a força e a sorte do Palmeiras: Victor Luís cobrou com chute forte, de canhota, a bola desviou na barreira, entrando no canto direito de Vanderlei.Ele, o goleiro que quase nunca erra,desta vez falhou.

Palmeiras, 3 a 2!

Nesse momento, Felipe Melo já estava no lugar de Lucas Lima, Thiago Santos fora para a lateral- direita ocupar o posto de Jean e o Santos ficou com 10 jogadores com a expulsão de Pituca. O Palmeiras perdeu Dudu- que fez o primeiro gol do jogo- mas só para a próxima partida, diante do Atlético Mineiro- porque ele recebeu o terceiro cartão amarelo.

Quanto aos destaques do clássico, na minha opinião, Thiago Santos foi o melhor jogador palmeirense, seguido por Victor Luís e Dudu, com menção honrosa para Borja- que até jogou bem; no Santos, eu destacaria os três gringos da equipe, Ramirez, Dérlis Gonzalez e Copete- este com atuação superior à de Rodrygo nesta partida.

Faltam seis rodadas  e ninguém  que eu conheça tem bola de cristal para saber o que vai acontecer. Mas que o Palmeiras caminha a passos largos com jeito de campeão, ah, isso é verdade…

Sobre o Autor

Sou Roberto Avallone, jornalista esportivo há mais de 45 anos. Primeiro o jornal, depois o rádio; mais tarde a TV. E finalmente, a tal da internet. Troquei a velha Remington - de som marcante e inspirador - pelo mouse e teclado. Seja qual for o meio, seja qual for o ano corrente, lá estarei eu falando sobre minha grande paixão: o futebol. Tem gente que gosta do que faz. Eu faço o que gosto. A diferença parece sutil - mas não é, e faz toda a diferença. Palpitem, opinem, contestem, concordem e discordem neste blog democrático. Não prometo atualizações minuto-a-minuto, nem respostas a todas as perguntas, mas tenham a certeza de que lerei todas elas e darei o meu melhor em matéria de informações, bastidores e memórias. Sejam bem vindos, caros amigos futeblogueiros.

Mais Blog do Roberto Avallone