Blog do Avallone

O duelo de São Paulo e Fla. Palmeiras, vitória do mistão

Roberto Avallone

1-Pode ser que não seja assim. pois falta um jogo e um turno inteiro para o Campeonato acabar,mas pelo andar da carruagem,esse duelo entre o São Paulo(atual líder, 38 pontos) e o Flamengo(atual vice, 37 pontos) leva jeito de ir longe. Não só pela pontuação como também porque se o tricolor não disputa e nem disputou esta Libertadores, o Flamengo também está por um fio nessa competição, já que perdeu do Cruzeiro por 2 a 0 no Maracanã e é muito dificil que reverta a situação no Mineirão.

Bem, e o que isso tem a ver com Brasileirão? Tem , sim. E muito. Até porque sem a Libertadores, ambos terão jogos a menos por fazer e nem terão de fazer tantas vezes o tal rodizio em suas equipes,podendo atuar mais vezes com seus times principais. E neste caso.basta olhar para quem tem três competições para disputar, é uma senhora vantagem. Neste caso, eu disse.

 

Quanto às vitórias de São Paulo e Flamengo no domingo, é óbvio dizer que foram importantíssimas. O tricolor foi ao Recife e- o que não é fácil- venceu o Sport por 3 a 1, com gols de Diego Souza, Nenê e Tréllez contra  o solitário gol marcado por Marlone, sendo que a esta altura, o Sport perdia por 2 a 0. Depois, repito, 3 a 1 e o Sport perdeu também o seu técnico Claudinei Oliveira, provavelmente porque a pressão seria muito forte.

Já no Maracanã, com muita gente no estádio, o Flamengo venceu o Cruzeiro por 1 a 0, gol de biquinho de Henrique Dourado- com a bola batendo ainda na trave esquerda, antes de entrar.De certa maneira, foi a devolução do Fla ao Cruzeiro por sua derrota no meio da semana pela Libertadores. E sempre com grande público, qualquer que seja a competição.

2- Com um chamado time''alternativo'' , o popular ''mistão'', o Palmeiras venceu o Vasco, por 1 a 0. O gol foi marcado por Deyverson, de cabeça, aproveitando o rebote de uma cabeçada na trave de Hyoran, após lindo passe de Lucas Lima.

O Palmeiras manteve a sexta posição no Campeonato, com 30 pontos, 8 atrás do líder São Paulo. Poderia estar melhor, mas, de qualquer maneira,está próximo do bloco da frente, distante apenas, por enquanto de São Paulo e Flamengo, embora pareça que, embora lute por boa colocação no Brasileirão,a prioridade do Palmeiras dá a entender que, pela ordem é a Libertadores , seguida da Copa do Brasil.

Contra o Vasco, o Palmeiras disputou um primeiro tempo morno, com uma chance real de gol de cada lado- Deyverson pelos palmeirenses, Picachu pelos vascaínos- e a grande preocupção foi a contusão de Scarpa, que saiu, substituído por Hyoran.

No segundo tempo, o Palmeiras esteve melhor, fez seu gol com Deyverson, teve um pênalti, marcado e bem anulado, depois de o juiz aceitar o aceno do bandeirinha apoontando impedimento. E teve também um gol anulado do estreante Gustavo Gómes, em lance polêmico, mas que deu muito a impressão de que o zagueiro estava em posição legal.

Enfim ,vitória justa e que fortalece o moral. Além de descansar o time principal.