Blog do Avallone

O líder Fla dobrou o Corinthians. E o golaço de Neymar

Roberto Avallone

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

1- Em Campeonato tão longo e supostamente equilibrado, quatro pontos de diferença não é um oceano de vantagens. Ao mesmo tempo, para um começo de competição, é sim: ao vencer o cauteloso Corinthians por 1 a 0, no Maracanã, gol de Felipe Vizeu, o Flamengo, que já estava na liderança, ampliou sua diferença para os vice-líderes  a significativos quatro pontos e se insinua como um dos mais sérios candidatos ao título deste ano.

Na verdade, o Flamengo dominou quase todo o jogo, personificando o ataque e o Corinthians, a defesa. Só podia dar em vitória, no chute do ótimo Lucas Paquetá, na rebatida do goleiroWalter e na conclusão certeira de Felipe Vizeu.1 a 0. O suficiente.

E sem essa de reclamação corintiana de o árbitro, Daronco, ter acabado o jogo quando a bola estava nos pés de Roger, que poderia ter empatado.Uma das imagens, uma mais ampla, apanha Daronco levantando os braços para encerrar a partida quando a bola estava sendo rebatida por flamenguistas, antes de chegar a Roger. E o jogo terminou no tempo certo.

A virtude do Fla tem sido essa mescla da experiência (Diego, Éverton Ribeiro), com a explosão da juventude (Lucas Paquetá, Vinicius Jr. e até mesmo quando entra Felipe Vizeu- que já está negociado com a italiana (Udinese).

Quanto ao Corinthians, que perdeu três dos quatro jogos em que foi dirigido pelo novo técnico, Osmar Loss, creio que já está demasiadamente conhecido seu estilo defensivo, sem ter grandes alternativas no elenco para um futebol mais ofensivo.

E pelo andar da carruagem, mesmo em apenas nove rodadas, as primeiras colocações serão arduamente disputadas: já têm 16 pontos o Cruzeiro (que venceu o Ceará, 1 a 0, gol de Sassá, o Grêmio (que venceu o Bahia, em Salvador, 2 a 0), o São Paulo (que perdeu para o Palmeiras, no sábado, por 3 a 1) e, se o Fluminense vencer nesta segunda-feira o Paraná,irá superar a todos-menos o Flamengo,20 pontos), pois o Flu neste caso iria a 17 pontos e seria o vice líder.

Este é só um exemplo de como está ponto a ponto o Campeonato.

Foto: Reuters

2- Neymar está pronto- ou quase- para disputar a Copa do Mundo, Neste domingo, em Liverpool, eler nem jogou o primeiro tempo quando, talvez por coincidência, a Croacia foi um pouco mais perigosa. Neymar entrou no intervalo e desequilibrou: para começar, fez um golaço, bem ao seu estilo, entrando pela esquerda do aaque e, com dribles curtos,esquivou-se de dois, três marcadores, disparando uma bomba de pé direito (o que preocupava) no alto das redes croatas.

Creio que foi o mais importante nessa vitória do Brasil sobre a Croácia, 2 a 0- o outro gol foi marcado por Firmino, ídolo da torcida local, gol também de bela feitura. Quem deu a a assistência a Firmino, ou o popular passe, foi Casemiro, outro destaque da Seleção Brasileira.

A Seleção de Tite, a que cultiva o hábito de vencer.