Blog do Avallone

O São Paulo é líder. E mudanças já no Palmeiras?

Roberto Avallone

1- Nenê está jogando muito; Éverton, bela contratação tricolor, não perde a chance de aproveitar a sua canhota; e Diego Souza, com muita presença, dificilmente passa um jogo sem marcar- e conra o Botafogo ele o fez de peito, machucando também o nariz, mas marcou como autêntico homem de área.

Enfim, esse trio- Nenê, Éverton e Diego Souza- levou o São Paulo á liderança provisória(o Flamengo ,nesta quinta-feira, enfrentará o Bahia, com chances de voltar ao topo da tabela) , marcando os gols da vitória do tricolor sobe o Botafogo, 3 a 2, na noite de quart-feira, no Morumbi. O São Paulo está invicto no Campeonato Brasileiro.

E seu triunfo contra os botafoguenses aconteceu de virada. Quem abriu o placar foi o Bota, com um chute de canhota de Valença, no alto das redes de Sidão: Coube a Nenê, de pênalti,empatar a partida; depois,Diego Souza marcou o segundo, ajoelhando-se para escorar o centro vindo da direita; e o mesmo Diego Souza lançou Éverton, pela esquerda, para esse bom jogador, ex- Flamengo, acertasse seu providencial chute  de esquerda. 3 a 1.

No segundo tempo, bem, nesta etapa final o São Paulo jogou mais no contra-ataque-embora sempre oferecesse perigo para o goleiro Jefferson- e levou o segundo gol do Bota, marcado por Rodrigo Pimpão, de cabeça, gol que não ameaçou de fato a sua vitória e nem a liderança conquistada, ainda que provisoriamente.

Asxsim está o invicto São Paulo, à espera do que possa acontecer com o Flamengo e na esperança de, no sábado, conquistar a sua primeira vitória em um Choque- Rei disputado no estádio do Palmeiras. Clássico atraente.

2- E O Palmeiras? Meu Deus! Tudo bem que enfrentar o Cruzeiro, ainda mais no Mineirão, não é fácil. É  perigoso. Mas um time como  Palmeiras, agora mais contestdo do que badalado, pode ficar mais de 90 minutos apenas marcando, sem oferecer nenhum momento de perigo para o goleiro Fábio, a não ser um chute de fora da área de Dudu? Isso é futebol de quem pretende ser campeão?

O Cruzeiro nem precisou jogar muito para garantir a vitória que veio na metade do segundo tempo, após passe de Robinho- que Edu Dracena quis cortar de ''chaleira''- pra Rafael Sobis, lentamente ajeitar o corpo e bater fraquinho, no canto direito, enquanto Jaílson caía para a esquerda.

Pronto: jogo resolvido, pois o Palmeiras tinha seus atacantes em péssima noite, não jogando nada, e não tinha como reunir forças para tentar o empate ou a virada. Fábio deve ter agradecido o pouco trabalho que teve num jogo que se imaginava difícil. Pois não foi, acabou acontecendo uma das piores atuações dos palmeirenses nete ano.Time estático, sem variação tática,sem espirito vencedor

E agora,com três resultados negativos consecutivos e amargando o décimo- lugar no Campeonato Brasieiro? Mudanças no Palmeiras? Desconfio que não se irá mexer em nada até o jogo contra o São Paulo, até por falta de tempo. Mas não ficaria surpreso se algo mudasse em relação ao técnico Roger Machado, que não está em alta no Palmeiras; e quanto a Alexandre Matos, o homem forte do futebol palestrino,também já são muitos os questionamentos, embora este possa dar a volta por cima com reforços que, dizem, está cuidando. Mas sem bons resultados, de nada valerá.

Por enquanto são comentários, rumores, uma informação aqui, outra acolá…

Melhor esperar pelos próximos dias, para se ter certeza do queirá acontecer.Fique atento…