Blog do Avallone

Lucas Lima: golaço e belo futebol, na vitória do Palmeiras

Roberto Avallone

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Sempre gostei do futebol de Lucas Lima, meia dinâmico e versátil. Confesso, no entanto, que ele foi além do que eu esperava, por ter sido sua estréia no Palmeiras e ter vindo da pré- temporada: além de comandar o meio-campo do time, não fugiu de nenhuma bola dividida,correu o tempo inteiro e fez um golaço, o segundo do Palmeiras- da entrada da área, aproveitando uma rebatida da defesa do Santo André, acertou um violento e certeiro ''sem-pulo'', com a categoria de não deixar a bola cair no gramado.Lindo gol!

Além disso, exibiu seu tradicional bom passe e participou diretamente do terceiro gol- o que liquidou o jogo- ao tabelar com o veloz Keno, o que mandou a bola para as redes. Assistência pura, digna dos armadores de elite.

Lucas Lima, no entanto, não foi o único destaque na estréia do Palmeiras no Campeonato  Paulista, agora sob o comando do técnico Róger Machado: Felipe Melo, por exemplo, teve atuação muito boa, marcando firme e lançando com precisão- como aconteceu mo primeiro gol, quando fez passe longo e certeiro para Borja, que na sequência, passou para  Dudu que, de calcanhar, acertou a trave, com Willian aproveitando o rebote para abrir o placar; destaco também Borja, que se mostrou com muita mobilidade e colaborou bastante em várias jogadas ofensivas- e até defensivas, como naquele lance perto da área do Palmeiras, em que deu um carrinho para afastar a bola e o perigo.

Finalizo a escolha dos maiores destaques com Keno, que foi muito bem em 2017, pela esquerda e pela direita, coim dribles em velocidade e arremates constantes. Pois foi a entrada de Keno, no meio do segundo tempo(saiu Dudu) a fórmula para incendiar o jogo e acabar com a reação do Santo André- que já fizera um gol(João Lucas) e perdera incrível chance para empatar, com a bola batendo nas duas traves.

Resumo da ópera: sem dar show, o Palmeiras venceu o Santo André por 3 a 1 e teve estréia satisfatória no Campeonato Paulista. E daria à  equipe uma nota 7. Sem exageros. Alertando, porém, que  por seu ótimo elenco(ainda terá para entrar Moisés, Gustavo Scarpa, Diogo Barbosa, por exemplo, sem contar as especulações sobre novos reforços se necessários), o Palmeiras tem boas chances de cumprir uma bela temporada em 2018.