Blog do Avallone

Corinthians, uma noite para ser esquecida. E mais: Santos, São Paulo…

Roberto Avallone

1- Se não chegou a ser uma noite de horrores, agradável para o Corinthians é que não foi. Com todas aquelas ressalvas de ''começo de temporada'', no ''início é assim mesmo'', coisa e tal, a verdade é que o Corinthians foi derrotado pela Ponte Preta, 1 a 0(golaço de Felipe Saraiva) adversário que ficou muito tempo durante o jogo com 10 jogadores(o centroavante Fellipe foi expulso), apenas conseguindo ficar em igualdade numérica no final da partida com a expulsão de Romão.

O problema maior, no entanto, nem foi a derrota para um time com dez jogadores. Foi o futebol morno, sem velocidade, sem um centroavante à altura do Jô que se foi, de erros primários: até o pênalti desperdiçado por Jadson- chute para fácil defesa do goleiro Ivan- foi mal cobrado e não serve como desculpa.A Ponte Preta, rebaixada no ano passado para a Série B, ficava na dela, na manha, toda recuada, marcando do meio-campo para trás, à espera de um contra-ataque(que não vinha) ou de uma grande jogada, como aconteceu no gol de Saraiva;

Na verdade, não foi uma exibição digna do atual campeão brasileiro. Está claro que fazem muita falta as peças perdidas- Jô, Arana e até Pablo- sem que se veja um extraordinário esforço para compensar devidamente as saídas. Centroavante, então, com todo o respeito a Kazim, teria de ser para ontem ou até antes. Ah, que falta faz Jô…

Sem nada a ver com isso, a Ponte Preta foi valente e dedicada.Como prêmio, levou a vitória.

2- Foi muito feliz a estréia de Jair Ventura- filho do grande Jairzinho '' Furacão'' da Copa de 70-no comando do Santos. Mesmo tendo perdido peças importantes que estavam no ano passado- Lucas Lima, Ricardo Oliveira,etc) armou o time direitinho, sobreviveu à saída do melhor jogador da equipe(Bruno Henrique) logo no começo do jogo, fazendo entrar em campo um menino autor de dois gols e de belas jogadas(Arthur Gomes).E contou também com um golaço de Rodrigão.

Bem, com tudo isso, o Santos venceu o Linense, em Lins, por 3 a 0. Belo começo de Campeonato!

3- E o São Paulo, com seu time reserva perdeu logo na primeira rodada. Perdeu para o São Bento, em Sorocaba, 2 a 0 (gols de Anderson Cavalo e Maicom  Moura), resultado que alegra os sorocabanos e não deixa orgulhosos os tricolores. Mas, é claro, que tudo poderia ser diferente se. ao invés dos reservas, tivesse o São Paulo os seus jogadores titulares; neste caso, no entanto, a solução é mais fácil, pois Arboleda, Rodrigo Caio, Jucilei, Petros, Cueva e Diego Souza já estão no clube. Amarga foi a derrota, mas não a situação do futuro.