Blog do Avallone

Palmeiras:os implacáveis Meninos do Parque. Corinthians: reflexão

Roberto Avallone

1- Há muito tempo. o Palmeiras não tinha safra tão boa em sua base. Há muito tempo, não se via, na Copinha,entre os palmeirenses, meninos tão ávidos pela vitória e insaciáveis na busca do placar: o Palmeiras venceu o Taubaté por 7 a 0, na casa do adversário, perdendo ainda muitos gols,numa exibição capaz de empolgar a torcida palestrina.

Sei lá se o futebol, sempre cheio de surpresas,permitirá que esse time palmeirense continue avançando na competição, se vai chegar à final ou se  o Palmeiras conquistará a Taça dessa Copa que ainda não tem. Como prever? Sei, no entanto, que a equipe tem padrão de jogo, vontade de vencer e várias boas promessas: o atacante Fernando,18 anos. ágil e driblador, que cai pela esquerda e quase sempre faz gol; o meia José Aldo, que não está no melhor de sua fase, mas tem futebol indiscutível(foi eleito o melhor jogador do torneio RS- que era o Campeonato Brasileiro Sub-20), o também meia Alan Guimarães- o Alanzinho- que faz belos lançamentos e chuta muito bem, de fora da área;tem também o volante Gabriel Furtado, o lateral-esquerdo Luan Cândido(16 anos) e outras promessas ainda nem tão reluzentes.

E tem também, principalmente, o espírito de conjunto ,de jogar ofensivamente, capaz de vibrar por uma goleada diante do Taubaté- junto à torcida- como se tivesse sido autor de uma façanha sem precedentes. O que ainda não foi.

Essa garra e esse futebol, no entanto empolgam a torcida! Como se fosse uma edição de ''Os Meninos do Parque'',tanto do inesquecível Parque Antártica como do moderno Allianz Parque. Animador!

2- Por mais que o saldo não tenha sido positivo e os números insatisfatórios, é preciso refletir sobre a performance do Corinthians na Flórida Cup: nas duas etapas iniciais- das partidas contra o holandês PSV Eindovhen e o escocês Rangers, o Corinthians saiu como vencedor enquanto teve em campo seus jogadores titulares( 1 a 0 diante do PSV e 2 a 0 contra o Rangers), cedendo espaço, no entanto , nas etapas finais, quando trocou o time inteiro(cedeu o empate de 1 a 1 com o PSV, ganhando a disputa nos pênaltis, e sofreu a incrível virada de 4 a 2 para os escoceses) trazendo, da competição, apenas dois pontos.

Por esse ângulo, portanto, nada de alarmante.A equipe foi bem quando teve os titulares.

Mas é preciso observar, por outro lado, que o elenco- também composto pelos reservas- deixou a desejar, mesmo sendo início de temporada. Creio que a chegada do zagueiro Henrique e a contratação de um novo centroavante- no momento, o nome mais cotado é o de Gilberto, ex- São Paulo- ah, essas novidades e mais o tempo todo para treinar devem dar mais esperanças à Fiel corintiana, ainda curtindo as conquistas do ano passado.

Arana, Pablo e Jô fazem falta, é verdade. Só que o Corinthians tem condições de substituí-los e entrar nas competições de cabeça erguida com chances de brigar em todas as disputas.

A conferir.