Blog do Avallone

Graças a Messi, a Argentina chegou.E o Brasil ganhou fácil

Roberto Avallone

Só um gigante do futebol  teria arte e força para executar o que Messi fez: com a Argentina em situação delicada, correndo sério risco de não ir à Copa da Rússia,com o Equador à frente no placar(1 a 0), Messi simplesmente fez o gol do empate, o gol da virada e um golaço para definir de vez a situação.

Três vezes Messi. E a Argentina classificada para a Copa do ano que vem.

Não se discute a qualidade de Messi. Apenas pergunta-se, às vezes, por que ele não é na Seleção da Argentina o mesmo astro do Barcelona. Pois esta façanha contra o Equador, diante da situação complicada, pode ser o começo da resposta, o início de novos tempos- ainda que tardios, quem sabe,

Impressionou em Messi a maneira com que encarou os gols. No primeiro, gol simples, nem festejou, correndo buscar a bola no fundo das redes, pois- para não depender de ninguém- a Argentina precisava ganhar; no segundo gol, este com um pouco de estilo, acertou belo chute;no terceiro- o golaço!- foi mais Messi do que nunca, ao invadir a área e encobrir o goleiro, chutando a bola no alto do canto direito do goleiro peruano.

Magnífico!

2- A Seleção Brasileira não teve a menor dificuldade em vencer o Chile, por 3 a 0.Disputou um belo segundo tempo. A equipe dirigida por Tite também não levou sustos. Mas deslanchou mesmo na etapa final, mesmo com Neymar com cartão amarelo, ele que deu bela assistência para Gabriel Jesus marcar o segundo gol brasileiro; antes foi Paulinho a marcar, abrindo o placar, aproveitando-se de rebote do goleiro chileno após bela falta cobrada por Daniel Alves.

E o terceiro gol foi até engraçado: Gabriel Jesus correu bem espaço para o gol vazio e entrou com aquilo que se chama de ''bola e tudo'', jogada não só totalmente caracterizada porque Gabriel só deu uns dois passos depois da linha fatal.

Com a calma de quem já está classificada há um bom tempo, a Seleção Brasileira já está desenhada para a Copa do Mundo, talvez com um ou dois retoques- no gol deve jogar Allison, na lateral-esquerda, se estiver bem fisicamente, creio que o posto será de Marcelo. no ataque, parece não existir nenhuma dúvida de que a dupla de área será de Neymar(absoluto) e Gabriel Jesus, pois os dois se entendem perfeitamente. E assistidos por Coutinho,jogador muito habilidoso.

Enfim, se a Seleção vai ou não ganhar a Copa é outra história. Mas que Tite encaminhou bem a sua equipe, ah, isso ele fez.