Blog do Avallone

O fenômeno Corinthians. E decepções: Palmeiras, Fla, Galo…

Roberto Avallone

1- Já não é só um time certinho, tipo '' feijão com arroz bem temperado''. Não. O líder e invicto Corinthians, 47 pontos em um só turno (14 vitórias,5 empates), 19 rodadas sem conhecer uma única derrota,ah, isso já passa a ser recorde e um verdadeiro fenômeno: não me lembro de outra campanha igual, tão gloriosa.

E o que mais impressiona é que esse triunfo coletivo fez aflorar também individualidades indiscutíveis, jogadores com nível de Seleção. Por exemplo, os laterais, Fagner e Arana- este, além de bom marcador, tem garra tipicamente corintiana, além do chute forte, de canhota: e vou com exemplos, passando pelo goleiro Cássio, que voltou à forma antiga, que dele fez herói da Libertadores e do Mundial /2012; passo também pelo meia Rodriguinho, que está a fazer gols maravilhosos-às vezes precedidos de dribles de craque-como caminho pela atual forma de Jô,artilheiro do Campeonato, que vive o seu auge.

E sem falar dos eficientes Balbuena, Gabriel, Pablo (machucado), Jadson (machucado) ou do jovem Maykon-este, um guerreiro que, às vezes, arrisca certeiros chutes de canhota.Ah, claro, exaltando ainda mais o talento de Carille, um técnico que atingiu diretamente o ponto máximo como técnico-efetivo e que deveria sonhar quando , ha pouco, era interino.

Assim, não é necessária muita explicação para a vitória de sábado à noite diante do Sport, 3 a 1, diante de 41 mil fiéis.

Corinthians, um fenômeno! E o super-favorito a campeão brasileiro deste ano, pois , no momento, apenas o Grêmio está firme em sua perseguição ao líder,mesmo assim 8 pontos atrás.

2- No desfile das decepções da rodada- e alguns deles no ano-iria começar pelo Palmeiras.derrotado em casa pelo Atlético Paranaense, 1 a 0,gol de cabeça de Thiago Heleno jogando com o time reserva,sendo que alguns desses reservas por seus nomes seriam titulares em outros clubes (Borja, Michel Bastos, Zé Roberto, Tchê- Tchê, Fernando Prass)- mas inicio pelo Flamengo,de elenco tão badalado.

Pois este Flamengo, vencido pelo Vitória (2 a 0) na Ilha do Urubu, tem novidade: Zé Ricardo já é mais técnico do Fla,pois não resistiu à sequência de maus resultados, às vaias da torcida e à inexpressiva colocação no Campeonato(quinto lugar), além de já ter sido eliminado da Libertadores.

Maus resultados do Flamengo, creio, em primeiro lugar por seus erros defensivos: a seguir também as falta de entrosamento de jogadores que estiveram fora do Brasil, como Diego, Éverton Ribeiro, Geuvânio, todos podendo render muito mais. De resto, fica por conta do futebol, do tal encaixe que demora acontecer e que, às vezes, jamais aparece.

Quanto ao Palmeiras, que já foi eliminado pela Ponte Preta no Campeonato Paulista (perdeu de 3 a 0 em Campinas), tinha elenco tão decantado que diziam, alguns, que seria capaz de vencer todos os Campeonatos que disputasse. Pode ser até que avance de fase na Libertadores, derrotando o Barcelona, mas, por enquanto, já perdeu o Paulista, foi eliminado da Copa do Brasil  e está como coadjuvante no Brasileiro, em quarto lugar. Muitos de seus jogadores não rendem regularmente-e alguns nem esporadicamente- o que deles se esperavam,Pode ser que saída de Cuca no fim do ano passado tenha sido um motivo para o ritmo quebrado e que técnico (bom técnico) precise de tempo para adequar a nova realidade da equipe.Pode ser.

E em relação ao Atlético Mineiro- derrotado neste domingo pelo Grêmio,2 a 0-tinha no começo do Campeonato, a fama de possuir o mais badalado elenco do Brasil. No mínimo, um dos três mais badalados, ao lado de Palmeiras e Flamengo. E agora,colecionando derrotas,fica na modesta posição de participante do Campeonato Brasileiro, lutando para ser coadjuvante, mas com resultados que não insinuam forte reação.