Blog do Avallone

Com polêmica, o Santos venceu o Palmeiras

Roberto Avallone

Foto: Ivan Storti/ Santos
Futebol  Clube

A polêmica se concentra em Edu Dracena, em dois lances em que a arbitragem teria falhado (na minha opinião errou): no gol que deu a vitória ao Santos, quando Kaike, autor do gol dá um leve empurrão em Edu Dracena, que especialista de arbitragem reconhece- seria falta então; e o mesmo Edu, quase no fim do jogo, reclama ao cair no gramado, em pênalti que o reclamado árbitro de vídeo, contando com o auxilio da tecnologia, provavelmente detectaria.

Mas, a olho nu, não era fácil nenhum dos dois lances.

Pelo que jogaram Santos e Palmeiras, creio que o empate teria sido o resultado mais justo. Tanto que o goleiro santista, Vanderlei, fez algumas defesas muito boas. Prass fez uma ou duas. Então, o Palmeiras jogou muito?Não, esteve regular e pouco efetivo no ataque, principalmente antes de tomar o gol santista: atuando com três volantes- Thiago Santos, Tchê- Tchê e Zé Roberto-, com Guerra entre a armação e a ofensividade, na prática ficavam mesmo Róger Guedes e Willian à frente.

O Santos tocava bem a bola, tinha Lucas Lima muito marcado e não era insinuante como costuma ser na Vila. O Palmeiras só acordou com o gol de Kaike e a entrada de Keno no lugar de Zé Roberto.Vanderlei fez suas defesas, coisa e tal.

Mas já tarde demais.