Blog do Avallone http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br Roberto Avallone é jornalista esportivo há mais de 35 anos Thu, 18 Oct 2018 04:02:18 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Cruzeiro, campeão com categoria.Corinthians,não dava… http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/18/cruzeiro-campeao-com-categoria-corinthiansnao-dava/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/18/cruzeiro-campeao-com-categoria-corinthiansnao-dava/#comments Thu, 18 Oct 2018 04:02:18 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8913 O Cruzeiro pode ser chamado de campeão da Copa do Brasil 2018,de bicampeão da Copa do Brasil, pois ganhou também em 2017, ou de hexa campeão, pois por seis(6!) vezes venceu essa competição. Por favor, faça a sua escolha. O nome é seu.

De quebra, só pela conquista, o Cruzeiro ganhará 50 milhões de reais de prêmio. Para as suas limitações técnicas atuais, como vice-campeão, o Corinthians foi até longe demais e será premiado com a nada desprezível quantia de 20 milhões de reais. Agora, é lutar para se afastar de qualquer perigo da zona da degola- o que, acredito, não irá acontecer e a equipe não chegará a tal ponto.

Quanto jogo decisivo em si,Cruzeiro 2, Corinthians 1,é preciso dizer que no primeiro tempo o Cruzeiro controlou bem a partida, fez o gol(Robinho, no rebote de um chute na trave desferido por Barcos) e ainda jogou outra bola na trave corintiana, em cabeçada de Dede´. O Corinthians teve uma única oportunidade, em cabeçada de Henrique, depois da falta cobrada por Jadson.

Na etapa final, no entanto um lance polêmico modificou a partida;Thiago Neves encostou em Ralf, dentro da área, mas não sei se com força suficiente para derrubá-lo. O juiz consultou o VAR e confirmou o pênalti,convertido em gol por Jadson. 1 a 1.( Detalhe: respeito a opinião de Leonardo Gaciba, comentarista de arbitragem da Globo, que afirmou que não marcaria essa penalidade máxima).

O gol de empate incendiou o ânimo da torcida e, mais base do entusiasmo, o Corintians foi mais à frente do que costuma. Até fez o segundo gol- que não valeu- em chute magnífico de Pedrinho. Mas , de novo consultando  VAR, o juiz não validou o gol. E teve razão:Jadsn cometeu falta em Dedé, dentro da área.

O Cruzeiro recuou, deixou apenas Raniel e Arrascaeta(que entraram no segundo tempo) e, no contra-ataque, marcou o gol da vitória: Arrascaeta foi lançado pr Raniel, na esquerda do ataque, dominou  a bola, avançou e arrematou cm muita categoria, vencendo  goleiro Cássio. Cruzeiro, 2 a  1.

Depois, foi só administrar a partida. O Cruzeiro tem um belo time, um ótimo elenco e um treinador(Mano Menezes) com muita experiência. O Corinthians tem entusiasmo, uma torcida fiel e apaixonada- e, pena, tem também um dos piores ataques de seus ultimos tempos.

Não dava mesmo para ambicionar mais.

]]>
5
Brasil bate Argentina. E o nosso ataque por onde anda? http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/17/brasil-bate-argentina-e-o-nosso-ataque-por-onde-anda/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/17/brasil-bate-argentina-e-o-nosso-ataque-por-onde-anda/#comments Wed, 17 Oct 2018 06:08:24 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8910 Talvez não se possa duvidar da capacidade ofensiva de Miranda. Mas ele não é  zagueiro? Sim, E dos melhores, ainda que já  veterano. Mas nessa vitória da Seleção Brasileira sobre a da Argentina,por 1 a 0, em Jedá(Arábia Saudita) ele foi o nosso melhor atacante; fez o gol da vitória, de cabeça,já nos acréscimos, e antes, ainda no primeiro tempo, teve a nossa única chance de gol, arrematando firme, da pequena área,para Otamendi salvar em cima da risca.

E o nosso ataque, o que fez? Nada. Ou quase nada.O que contraria a essência do futebol brasileiro.

Antes de voltar ao tema sobre o ataque, é preciso falar um pouco mais do gol da vitória, no terceiro minuto dos acréscimos da partida. Isso porque, pelo que vi na tevê, antes de a bola chegar à área vindo da cobrança de escanteio pela esquerda, Miranda empurrou um defensor(creio que Otamendi) e saltou livre,  cabeceando paras redes argentinas.

(  Arnaldo Cezar Coelho, respeitado comentarista de arbitragem da Globo, também falou na hora, sem hesitar, que aconteceu mesmo o empurrão de Miranda no argentino antes de a bola chegar à sia cabeça. Falta!)

E ainda antes de arrematar sobre o ataque, o resumo da ópera: monotóno primeiro tempo, nem parecendo um Brasil vérsus Argentina, clássico de tantas emoções ao longo dos tempos. A etapa final foi mais animada, a entrada de Richarlison melhou um pouco a parte ofensiva(um pouco, eu disse) brasileira e pelo lado argentino, em bela cobrança de falta, Dybala quase marcou.

Agora,sim, o nosso ataque. Do jeito que atuou. não funciona. Para começar, Neymar não pode jogar tão longe da área e do centroavante, pois lá no meio do campo não teve uma chance sequer de fazer gol ou de  sofrer falta perigosa; Gabriel Jesus, que começou tão bem na Seleção, vive má fase, não se sabendo qual é a sua posição, tentando ser contra os argentinos uma espécie de “faz- tudo”, dedicando-se mais à marcação do que em cumprir a missão de atacante(acabou saindo); Firmino, goleador no Liverpool, não teve uma chance para marcar sequer; Philippe Cotinho já esteve bem melhor.

Enfim, não lembramos, nem de longe, os poderosos ataques que já tivemos.Senti falta de um Neymar mais perto da área, de um centroavante com recirsos e mobilidade(poderia ser Pedro, do Fluminense, se não estivesse lesonado), de um ponta como Douglas Costa(se estiver bem fisicamente) e como Everton, do Grêmio.

Vencemos a velha rival Argentina, é verdade. Mas não jogamos o futebol “à brasileira”.

]]>
1
Palmeiras, rumo ao sonho com gols de Deyverson. E Inter e Fla… http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/14/palmeiras-rumo-ao-sonho-com-gols-de-deyverson-e-inter-e-fla/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/14/palmeiras-rumo-ao-sonho-com-gols-de-deyverson-e-inter-e-fla/#comments Mon, 15 Oct 2018 02:51:19 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8902

Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

1- O Palmeiras caminha firme rumo ao sonho de manter a liderança e levantar a taça de Campeão Brasileiro. Com dois gols de Deyverson, atuação segura da equipe e grande jogo de Dudu, bateu o Grêmio por 2 a 0, no Pacaembu, neste domingo.Prass não precisou fazer uma defesa difícil sequer.

Ah, mas o Grêmio teve desfalques, poderiam rebater os adversários. Sim, os teve, e eram jogadores importantes, mas, mesmo assim é um time muito bom e que tinha a ambição de chegar ao topo. E Palmeiras também não teve Felipe Melo , Borja e Weverton, se bem que no caso do centroavante, se saiu até melhor: Deyverson, controlando mais a emotividade e sem cometer exageros de comportamento, em campo,jogou muito para o time, foi um terror para os adversários- nas bolas altas e em jogadas rasteiras- e deu a impressão, pelo menos, de estar mesmo ganhando a disputa de centroavante titular do Palmeiras.

Nos gols que marcou, Deyverson exibiu considerável repertório de ataque, No primeiro gol, esticou a perna esuerda e desviou centro de Dudu, da direita, antecipando-se ao zagueiro Bressan: no segundo, correu atrás da bola longa , ficou com ela e, diante de Bressan, driblou o zagueiro com um toque de esquerda e emendou de direita para o fundo das redes gremistas. 2 a 0.

Além disso, Deyverson foi guerreiro o tempo todo e, quando preciso,tirou, de cabeça, bolas altas alçadas sobre sua própria área, com o necessário espírito de colaboração No meu conceito, acho que a nota 9 lhe caberia bem.

E outro que jogou muito, em uma de suas melhores partidas na temporada, foi Dudu. Distribuiu dribles , arrancadas e até um chapéu, pecando apenas uma vez na finalização- diante do goleiro- mas fez por merecer no mínimo uma nota 8, 5- só não alcaçando a nota de Deyverson porque o centroavante fez os gols qie decretaram a vitória.

Justo, não?

Além de Deyverson e Dudu, o Palmeiras jogou bem, Como um todo. Foi providencial contar com os laterais, Maike e Diogo Barbosa, justa a decisão de manter a dupla de zaga formada por Luan e Gustavo Gómez (que voltou da Seleção do Paraguai), assim como a escalação de Thiago Santos (em um primeiro momento, seria preferível Lucas Lima) se justificou pelo fato de ele ter marcado,sem tréguas, Luan,o mais habilidoso jogador gremista.

Enfim, foi uma vitória de autêntico lider, essa do Palmeiras. E se mantém vivo o sonho de ser campeão.

2- Ainda faltam 9 rodadas para terminar o Campeonato, E até lá, muita coisa pode acontercr. Neste domingo, por exemplo, o vice- líder Inter (56 pontos) ganhou de virada, do São Paulo (52 pontos). De virada!O tricolor não sabe o que é vencer no Capeonato Brasileiro há 5 jogos. E saiu na frente, aos 2 minutos, cm gol de Liziero, mas depois que Leandro Damião saiu do banco de reservas, sucumbiu- Damião fez o primeiro, marcou o segundo e ainda sofreu o pênalti que Nico López  converteu em gol.

Inter, 3 a 1.

E no sábado, outro sério candidato ao título (55 pontos), o Flamengo deu um baile no Fluminense, venceu por 3 a 0,no Maracanã com muita gente, mostrando que com o novo técnico Dorival Jr.ainda está firme no páreo. E o Fla tem jogadores e elenco suficientes para encarar a missão.

Que Campeonato disputado!

]]>
5
Thiago Neves foi o melhor. Mas o Corinthians está vivo http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/11/thiago-neves-foi-o-melhor-mas-o-corinthians-esta-vivo/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/11/thiago-neves-foi-o-melhor-mas-o-corinthians-esta-vivo/#comments Thu, 11 Oct 2018 05:24:22 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8897 Thiago Neves não só foi o autor do gol que derrotou o Corinthians, 1 a 0,no Mineirão, como também foi o protagonista do primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil: atacante mais perigoso do Cruzeiro, ele chutou uma bola na trave direita do goleiro Cássio, alem de,  em outro lance, obrigar o goleiro corintiano a uma grande defesa. Thiago estava com o talento explícito em noite iluminada.

Além dele, o Cruzeiro teve outras virtudes, como a de criar várias chances de gol(Barcos, Dedé e Henrique desperdiçaram chances claras) ou de não levar susto algum, pois o seu goleiro, Fábio, excelente, por sinal, não fez uma defesa importante sequer.O Corinthians não atacou e nem ameaçou o gol do Cruzeiro.

Só que o Corinthians está vivo na competição. Ainda vai lutar pelo título da Copa do Brasil, pois ainda tem o jogo decisivo a enfrentar- e em sua Arena, em Itaquera, diante de sua Fiel torcida. Terá de jogar de outra maneira , é claro, sem tantos exageros defensivos e muito mais no ataque, embora, na minha opinião tenha menos time e menos elenco do que o Cruzeiro.

Não era assim também contra o Flamengo,equipe recheada de medalhões? Pois o Corinthians venceu a partida decisiva por 2 a 1, com aquele golaço do menino Pedrinho…Não sei se diante do Cruzeiro será a mesma coisa.Não se brinca, no entanto, com a mística corintiana, cuja equipe é capaz de se inflamar com a paixão de sua torcida e levar o título, mesmo com time mediano.

O Cruzeiro não brincou e correu atrás de um placar que lhe desse mais tranquilidade para decidir a Copa do prêmio milionário(50 milhões de reais ao campeão; 20 milhões ao vice) e de status atraente. Não conseguiu, no entanto, e desperdiçou a chance, tantas as chances perdidas, de ser praticamente o campeão por antecipação.

Com o placar magro, agora a história é outra.E faz da Copa do Brasil uma competição de desfecho imprevisível.

Vem mais emoção pela frente.

]]>
4
No Choque- Rei, deu Palmeiras. E era uma vez um tabu http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/06/no-choque-reideu-palmeiras-e-era-uma-vez-um-tabu/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/06/no-choque-reideu-palmeiras-e-era-uma-vez-um-tabu/#comments Sun, 07 Oct 2018 00:57:42 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8882

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Foram dois gols de cabeça. O primeiro de Gustavo Gómez, que após o escnteio cobrado por Dudu, saltou no terceiro andar da área e cabeceou para baixo, no canto direito de Sidão. Depois foi a vez de Deyverson, que apanhou com perfeição o centro de Maike e cabeceou também no canto direito do goleiro tricolor.

Palmeiras, 2 a 0. E isso ainda foi no primeiro tempo,o São Paulo mais com a bola nos pés, mas sem nenhuma profundidade, nada nesta etapa que assustasse o goleiro Weverton. O Palmeiras ficava mais na marcação- até Lucas Lima, que é mais de jogar, estava atento nas roubadas de bola- recuava para proporcionar bons contra-ataques ao seu time.

Na etapa final, o São Paulo voltou modificado:entraram o grandalhão Gozalo Carnero e o veloz extrema Everton, o que sugeria que o tricolor iria todo ao ataque para descontar a diferença de gols. E sem Nenê, seu melhor jogador, substituído, Não adiantou quase nada. A não ser por um bom arremate de Rojas que Weverton defendeu em seu canto direito.

Já o Palmeiras, que perdera Marcos Rocha ainda no primeiro tempo(Maike entrou muito bem e deu o centro para o gol de Deyverson), ficava admistrando a partida, recuando o suficiente para cortar os espaços ofensivos do São Paulo e arriscando sempre no contra- ataque, teve duas boas chances de marcar,com Dudu, enquanto Deyverson teve outra oportunidade clara de marcar o terceiro gol.

O clássico, na maior parte do tempo, foi brigado, pegado, truncado.Mais objetivo, o Palmeiras mereceu  a grande vitória no Choque- Rei, triunfo que consolida a sua liderança no Campeonato Brasileiro: e que também acaba com um tabu de 16 anos, pois desde 2002, o Palmeiras não vencia o São Paulo no Morumbi- foi naquela vitória de 4 a 2, em que Alex marcou um gol antológico, depois de dar um chapéu no zagueiro Émerson e outro no goleiro Rogério Cenu, antes de empurrar para as redes,

Agora, diante de um Morumbi lotado por quase 57 mil tricolores pagantes, era uma vez o tal tabu.

Pelo lado vencedor,destaque especial para dois jogadores: o zagueiro Gustavo Gomez, que se firma cada vez mais, e o meia Lucas Lima, jogador que fez bons passes (como de costume) e foi guerreiro na arte de roubar bolas. No tricolor, de atuação discreta e improdutiva, não houve ninguém a brilhar com intensidade.

]]>
9
Libertadores quente! Palmeiras e Boca; Grêmio e River http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/05/libertadores-quentepalmeiras-e-boca-gremio-e-river/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/05/libertadores-quentepalmeiras-e-boca-gremio-e-river/#comments Fri, 05 Oct 2018 04:00:21 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8878 Ao que consta, jamais tinha acontecido dessa forma, na Libertadores: as semifinais formadas por dois grandes times brasileiros, Grêmio e Palmeiras, contra dois gigantes argentinos, River Plate e Boca Juniors.Pois foi o que deu desta vez.

Ao empatar com o Cruzeiro, no Mineirão, pór 1 a 1, nesta noite de quinta-feira, o Boca Juniors- que tinha vencido o primeiro jogo, na Bombonera,por 2 a 0-, ganhou o direito de ser semifinalista e disputar com o Palmeiras, em duas partidas, uma vaga para a final.O Palmeiras, como se sabe, venceu o Colo- Colo, por 2 a 0.

Dois dias antes, levou o mesmo direito o Grêmio que goleou o Atlético Tucumán, por 4 a 0, definindo o placar agregado de 6 a 0 (ganhou por 2 a 0 na Argentina): e o River Plate, vencedor do clássico com o Independiente, 3 a 1, com quem tinha empatado o primeiro jogo em 0 a 0.Ambos farão a outra semifinal.

Disputa quente, Muito quente!

Quanto ao jogo do Mineirão, eis o resumo da ópera: o primeiro tempo foi muito tenso, nervoso, distante do jogão que se esperava. Na segunda etapa. no entanto, o Cruzeiro foi todo ataque, o Boca ainda mais retranca, mas, por detalhes, a vitória não sorriu à equipe mineira. E embora tenha anulado um gol de Barcos (jogada perigosa de Dedé sobre o goleiro Rossi) e não confirmado o pênalti em Arrascaeta (Barcos estava em posição de impedimento no começo da jogada) a arbitragem não teve culpa na eliminação do Cruzeiro.

E nem mesmo na expulsão de Dedé. Justa expulsão, ao contrário do que aonteceu em Buenos Aures, pois desta vez ele levou dois cartões amarelos, o primeiro deles ao cometer a tal jogada perigosa- o pé alto demais- sobre o goleiro.

Em relação ao futebol dods argentinos, o River Plate vive um momento melhor do que o Boca, tanto que  o venceu, recentemente, na Bombonera,por 2 a0. Quanto aos brasileiros.o Palmeiras vai bem na Libertadores e no Campeonato Brasileiro e o Grêmio, quando joga com o time titular, às vezes encanta com sua dupla de de zagueiros- Geromel e Kanneman- e seu ataqie rápido, onde despontam Luan e a atual sensação, Éverton.

É a Libertadores. Ou pode chamar de emoção.

]]>
3
Dudu, o melhor do Palmeiras semifinalista http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/04/dudu-o-melhor-do-palmeiras-semifinalista-2/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/04/dudu-o-melhor-do-palmeiras-semifinalista-2/#comments Thu, 04 Oct 2018 05:33:39 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8870

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Dudu foi o melhor jogador do Palmeiras na vitória sobre o Colo- Colo, 2 a 0, o que confirmou a condição da equipe dirigida por Felipão ser semifinalista da Libertadores- o que não acontecia há 17 anos: Dudu fez o primeiro gol- um golaço!-, arrancando desde a intermediária até perto da área dos chilenos, quando desferiou uuma “bomba” de canhota: no segundo tempó, em nova bela e veloz arrancada pela esquerda, Dudu sofreu o pênalti que Borja converteu em gol.

Com esse gol, Borja passou a ser o artilheiro da Libertadores, ao lado de Morelo, do Santa Fe (já eliminado da  competição). Ambos  têm 9 gols, mas enquanto Morelo não jogará mais nesta competição, Borja tem pela frente, na teoria, pelo menos mais dois jogos.

Quanto ao jogo em si, passou de sonolento no primeiro tempo (menos pelo golaço de Dudu) a bem mais animado na etapa final, cpm o Palmeiras tendo chance de vencer por um placar mais amplo, pois Bruno Henrique chutou no travessão e Deyverson desperdiçou chance clara de gol.

Não houve surpresa na média do jogo, pois o Colo- Colo- que precisaria reverter a vantagem palmeirense de dois gols- atuou em esquema defensivo, com três zagueiros e não contou com um Valdivia inspirado- seu futebol foi apenas discreto- e muito menos com Lucas Barrios, figura apagada.

Enquanto isso, o Palmeiras não tinha pressa. e quando teve, através de Dudu, liquidou o jogo. E mais do que isso.  confirmou a condição de semifinalista. Tudo aconteceu diante de um público de quase 38 mil pagantes (37. 950, mais exatamente) e um arrecadação superior a 3 milhões e 700 mil reais.

Agora, é esperar pelo confronto entre Cruzeiro e Boca Juniors (na Bombonera foi 2 a 0 para o Boca), para saber qual o próximo adversário na Libertadores, na semifinal. Antes disso, no entanto, tem , já no sábado um clásico importantíssimo pelo Campeonato Brasileiro, o Choque- Rei com o São Paulo.

Como diz um amigo: é” só pedreira!”

]]>
4
Dudu, o melhor do Palmeiras semifinalista http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/04/dudu-o-melhor-do-palmeiras-semifinalista/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/10/04/dudu-o-melhor-do-palmeiras-semifinalista/#respond Thu, 04 Oct 2018 04:15:11 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8863

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Dudu foi o melhor jogador do Palmeiras na vitória sobre o Colo- Colo, 2 a0, o que confirmou a condição da equipe dirigida por Felipão ser semifinalista da Libertadores- o que não acontecia há 17anos: Dudu fez o primeiro gol- um golaço!-, arrancando desde a intermediária até perto da área dos chilenos, quando desferiou uuma “bomba” de canhota: no segundo tempó, em nova bela e veloz arrancada pela esquerda, Dudu sofreu o pênalti que Borja converteu em gol.

Com esse gol, Borja passou a ser o artilheiro da Libertadores, ao lado de Morelo,do Santa Fe(já eliminado da  competição). Ambos  têm 9 gols, mas enquanto Morelo não jogará mais nesta competição, Borja tem pela frente, na teoria, pelo menos mais dois jogos.

Quanto ao jogo em si, passou de sonolento no primeiro tempo(menos pelo golaço de Dudu) a bem mais animado na etapa final, cpm o Palmeiras tendo chance de vencer por um placar mais amplo, pois Bruno Henrique chutou no travessão e Deyverson desperdiçou chance clara de gol.

Não houve surpresa na média do jogo, pois o Colo- Colo- que precisaria reverter a vantagem palmeirense de dois gols- atuou em esquema defensivo, com três zagueiros e não contou com um Valdivia inspirado- seu futebol foi apenas discreto- e muito menos com Lucas Barrios, figura apagada.

Enquanto isso, o Palmeiras não tinha pressa. e quando teve, através de Dudu, liquidou o jogo. E mais do que isso.  confirmou a condição de semifinalista. Tudo aconteceu diante de um público de quase 38 mil pagantes(37. 950, mais exatamente) e um arrecadação superior a 3 milhões e 700 mil reais.

Agora, é esperar pelo confronto entre Cruzeiro e Boca Juniors( na Bombonera foi 2 a 0 para o Boca), para saber qual o próximo adversário na Libertadores, na semifinal. Antes disso, no entanto, tem ,já no sábado um clásico importantíssimo pelo Campeonato Brasileiro, o Choque- Rei com o São Paulo.

Como diz um amigo: é” só pedreira!”

]]>
0
Palmeiras, o gostinho de ser o líder do Campeonato http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/09/30/palmeiras-o-gostinho-de-ser-o-lider-do-campeonato/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/09/30/palmeiras-o-gostinho-de-ser-o-lider-do-campeonato/#comments Mon, 01 Oct 2018 02:02:13 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8857

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

1- Ainda que ganhando do Inter pelo saldo de gols, o Palmeiras alcançou a liderança do Campeonato Brasileiro, o que não se supunha antes de Felipão. Em competição de disputa tão acirrada, não se sabe será liderança duradoura ou apenas temporário- no sábado, por exemplo, entrará em cena o Choque-Rei, o clássico São Paulo e Palmeiras, no Morumbi, com os rivais separados por apenas um pontinho.

Bem, futuro é futuro, no momento a sensação de liderança anima a torcida palmeirense. E foi justíssimo o triunfo sobre o Cruzeiro “alternativo”, pois o Palmeiras jogou bem melhor e ainda teve de superar grave equívoco da arbitragem, que assinalou pênalti a favor dos cruzeirenses  uma “mão na bola” visivelmente cometida fora (!)  da área por Gustavo Gómez, que provocou um temporário empate na cobrança de Mancuello.

O Palmeiras, também relativamente “alternativo” mandou na partida. Abriu o placar com um belo chute de Lucas Lima, que desviou no cruzeirense Cabral e a bola entrou no canto esquerdo. 1 a 0. Depois, sofreu o gol de pênalti, 1 a 1. Mas, ainda no primeiro tempo, Hyoran fez 2 a 1- de cabeça- e,  já etapa final, após boa jogada de Willian pela direita, surgiu o pênalti (existente)  que um dos melhores jogadores em campo, Gustavo Gómez, tranformou em gol. 3 a 1.

Os destaques do Palmeiras, na minha opinião, foram, pela ordem, Lucas Lima, Gustavo Gómez, Felipe Melo, Hyoran e, tirando alguns exageros, Deyverson. Lucas Lima, creio, já deveria ser titular absoluto do time, pois é quem verdadeiramente arma o ataque  e tem um apreciável arremate com a canhota. Outro que será titular, em breve, acredito que será o zagueiro Gustavo Gómez, titular da Seleção do Paraguai- ao lado de Balbuena- e que vem jogando  muito bem.

2- Embolando o Campeonato e a perseguição ao topo, comecemos pelo Inter, vice- líder, que tem os mesmos 53 pontos do Palmeiras, perde no saldo de gols. O Inter venceu, de virada, o Vitória por 2 a 1, com o segundo gol marcado na cobrança de um pênalti discutível: o Colorado, no entanto, faz uma campanha sólida e até mesmo meritória para quem, no ano passado, disputou a Série B.

O São Paulo, em outro jogo que vi, não foi bem no primeiro tempo,saindo o Botafogo vencedor dessa etapa por 2 a 1- gols de Jean, Diego Souza e Kieza; no segundo tempo, no entanto, o tricolor partiu para o ataque após, principalmente, a entrada do grandalhão atacante uruguaio, Gonzalo Carnero. Foi ele o autor do gol do empate, 2 a 2. E, nos últimos segundos, quase o terceiro gol. Quase apenas, pois o goleiro Saulo praticou  um milagre.

E os candidatos ao título não param por aí, pois o Grêmio avançou aos 50 pontos ao vencer o Fluminense no Rio, 1 a 0, gol de Éverton, de calcanhar. Todo mundo sabe do poderio da equipe de Renato Gaúcho. Mesmo o Flamengo, com 49 pontos, em quinto lugar no momento,tem elenco de respeito, embora tenha falhado nos momentos decisivos. E só para constar, o Atlético Mineiro ganhou do Sport por 5 a 2, reafirmando o poderio de seu ataque.

Temos, então, um Campeonato Brasileiro dos mais disputados. E imprevisível quanto ao seu desfecho.

]]>
6
Pedrinho leva o Corinthians à final contra o Cruzeiro http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/09/27/pedrinho-leva-o-corinthians-a-final-contra-o-cruzeiro/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2018/09/27/pedrinho-leva-o-corinthians-a-final-contra-o-cruzeiro/#comments Thu, 27 Sep 2018 05:22:13 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8852 1- Esse menino tem talento e uma canhota mágica. Trata-se de Pedrinho, é claro, o jogador que levou  Corinthians a derrotar o Flamengo- 2 a 1-na Arena corintiana, em Itaquera; e levou a equipe também à final da Copa do Brasil´, de premiação milionária, diante do Cruzeiro( que eliminou o Palmeiras, ao empatar em 1 a 1 no Minerão), em confronto de respeito.

Quanto à premiação citada,é muito atraente:já para o vice-campeão é boa grana, 20 milhões de reais; para o campeão, então,o prêmio é bem mais alto, 50 milhões de reais. dinheiro para ninguém botar defeito; de quebra, o campeão ganhará também uma vaga na Libertadores, o sonho de consumo de todos.

Quanto à vitória do Corinthians sobre o Flamengo, a proeza pode ser resumida assim: foi o triunfo da vontade, da determinação corintiana contra um Flamengo de elenco milionário, de estilo até vistoso, mas sem a eficácia ou o punch que se espera de um time com várias estrelas.

Muito diferente do empate no Maracanã, 0 a 0, quando mais se defendu, o Corinthians tentou o ataque desde o começo do jogo.Foi quando Jadson acertou um lindo passe para Danilo Avelar chutar e vencer o goleiro Diego Alves. Corinthians, 1 a 0.

O Flamengo não demorou para empatar, o que aconteceu com centro de Pará, da direita, com a bola desviando no zagueiro Henrique e indo para o canto esquerdo de Cássio. Depois do empate, o Flamengo teve mais posse bola, procurou  ataque, mas sem a força ofensiva devida.

E o segundo tempo foi assim, sem maires definições, até que entrou em cena a canhota de Pedrinho. Um minuto após a sua entrada em campo, o menino fez um belo gol- o gol da vitória. O Fla até que tentou, um chute de Pará encontrou a trave, mas a vaga sera mesmo do Corinthians.

Corinthians e Cruzeiro, grande final!

2- Deu  empate no Mineirão, 1 a 1,no duelo entre Cruzeiro e Palmeiras. Como o Cruzeiro tinha vencido em São Paulo, 1 a 0, gol de Barcos,o empate foi suficiente para a equipe de Mano Menezes conquistar a classificação, eliminando o Palmeiras de Felipão.

Não foi um grande jogo, com a marcação prevalecendo, com poucas chances de gol. Em uma delas, no primeiro tempo, Barcos avançou livre pela direita, contornou Weverton que saira, chutou com efeito para  o canto direito. Cruzeiro, 1 a 0.

No segundo tempo, o Palmeiras voltou com duas novidades, Deyverson e Guerra nos postos de Borja(que não estava bem) e Bruno Henrique.E não demorou quase nada para empatar, com Felipe Melo, após cobrança de escanteio. saltar mais do que Dedé e cabecear para as redes. 1 a 1.

Eram esperadas jogadas emocionantes até o final. Só que o Palmeiras não tinha força ofensiva suficente- ah, como faz falta um jogador como Keno- e o Cruzeiro fechava todos os espaços, arriscando no contra-ataque.garantindo a classificação.

Para o Cruzeiro, agora,Copa do Brasil é o Corinthians na final. Atraente final.

]]>
9