Blog do Avallone http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br Roberto Avallone é jornalista esportivo há mais de 35 anos Tue, 17 Oct 2017 01:10:46 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Melhor para o Corinthians: o Santos só empatou http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/16/melhor-para-o-corinthians-o-santos-so-empatou/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/16/melhor-para-o-corinthians-o-santos-so-empatou/#comments Tue, 17 Oct 2017 01:10:46 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8128 Ficou apenas no sonho o desejo do Santos de vencer o Vitória e ficar a sete pontos do líder Corinthians. O jogo desta segunda-feira, no Pacaembu, terminou empatado em 2 a 2 e,na verdade, o Vitória foi melhor em campo, criou mais chances de gol e esteve na frente do placar por duas vezes(gols de David  e Wallace), com o Santos reagindo em ambas as oportunidades, primeiro com um gol de Jean Mota e,depois, quando perdia por 2 a 1, com um gol contra de Ramón,estabelecendo o placar final.

Além da bela exibição do Vitória-que não perdeu fora de casa desde a chegada do técnico Vagner Mancini- o que faltou ao Santos para ganhar e ficar mais próximo do líder? Bem,faltou principalmente Bruno Henrique, seu melhor atacante, ausente por lesão. Faltou também um melhor futebol de Lucas Lima- o que foi uma surpresa- e de Copete, que não fez companhia devida na área a Ricardo Oliveira. Em minha opinião, a solidão de Ricardo Oliveira também se deveu ao esquema tático imaginado para o ataque santista.

Fiquei surpreso com o bom futebol do Vitória diante do Santos, pois foi equipe forte na marcação e sempre perigosa nos ataques e contra-ataques, à base de muita velocidade e habilidade. Destaco a performance de David, bom driblador e arisco, pela direita, pela esquerda e pelo centro. Uma revelação. Neílton, ex- Santos, também deu muito trabalho e perdeu gol feito ao chutar no travessão, quando o bom goleiro Vanderlei não teve chance na jogada.

Enfim, o Santos não mereceu ganhar e seria injusto o Vitória perder,pois jogou muita bola.Pode ter sido uma noite infeliz para o time santista. Mas, repito, como faz falta Bruno Henrique! Assim, o Santos está em terceiro lugar, empatado em pontos com o Grêmio.mas perdendo no critério de desempate. E a 9 pontos do líder.

Foi, no entanto, uma partida bem movimentada,até pelos 4 gols.

]]>
3
Palmeiras: show de Keno. Corinthians: justa derrota http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/15/palmeiras-show-de-keno-corinthians-justa-derrota/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/15/palmeiras-show-de-keno-corinthians-justa-derrota/#comments Mon, 16 Oct 2017 01:00:59 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8120

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

1- Foi mesmo um show de Keno, dono de uma atuação fantástica na vitória do Palmeiras sobre o Atlético Goianiense, por 3 a 1. Ele participou, com rara habilidade, dos três gols: no primeiro, levou a bola quase até a linha de fundo, driblou o marcador e centrou para Willian marcar; no segundo gol, fez jogada de futebol de salão, um  totozinho na bola  para Moisés chutar para as redes; no terceiro gol, recebeu de Willian e centrou para a cabeçada fatal de Dudu.

Depois, aos 15 minutos do segundo tempo, pareceu ter sentido dores e saiu do jogo. O artista do espetáculo terminou o seu show.

(No lance do primeiro gol, Dudu deslocou Jonathan no chamado “fora do lance”. O gol sairia de qualquer jeito, creio, pois Dudu e o zagueiro nem estavam na jogada. Mas é bom assinalar, sem tirar os méritos de Keno e Willian, por uma questão de coerência.

Sem Keno, o jogou perdeu muito de sua graça. Mas convém ressaltar a vitoriosa estreia de Alberto Valentim, técnico interino do Palmeiras, assim como a boa produção de Moisés que, embora ainda distante de sua melhor forma, fez gol, deu bons passes e mereceu bela nota no jogo.

Com a vitória, o Palmeiras chega aos 47 pontos,em quarto lugar no Campeonato. É menos do que se imaginava no começo da competição, mas pelo menos essa pontuação insinua uma grande possibilidade de chegada na Libertadores de 2018.

Fotoa: Agência Corinthians

2- O Bahia teve todos os méritos em sua vitória diante do Corinthians, 2 a 0 (gols de Vinicius e Régis), em jogo que teve um primeiro tempo ruim e  um segundo tempo com a superioridade baiana. Além  disso, no primeiro gol, Fagner falhou e, no segundo, Cássio estava na área adversária para (creio- tentar a cabeçada do empate), quando Allione passou para Régis caminhar quase do meio do campo para o gol vazio, sem goleiro, naquela jogada que era chamada de “gol de bola e tudo”.

Sem criatividade no meio-campo (Jadson e Rodriguinho não estavam inspirados) e cedendo espaços para os ataques do Bahia- o que não é habitual neste líder Corinthians-, a equipe mostrou mais uma vez que caiu de produção neste returno, sustentando-se, ainda, de sua extraordinária performance no primeiro turno. Somando-se as duas etapas, até agora, o Corinthians tem 69 por cento de aproveitamento.

Faltando 10 rodadas (30 pontos em disputa) para terminar o Campeonato, evidentemente que o Corinthians ainda é o grande favorito para levantar o caneco-acumulou “gordura” para isso.

Mas em futebol nunca se sabe- e cravar é sempre perigoso-, pois, neste momento, o Corinthians está a 9 pontos do Grêmio (o que é muito) e se o Santos vencer o Vitória nesta segunda-feira, o líder estará a 7 pontos dos santistas. O que é considerável, mas não poderia ser chamado de definitivo.

]]>
3
Palmeiras: depois de Cuca, pode ser a vez de Mano Menezes http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/13/palmeiras-depois-de-cuca-pode-ser-a-vez-de-mano-menezes/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/13/palmeiras-depois-de-cuca-pode-ser-a-vez-de-mano-menezes/#comments Fri, 13 Oct 2017 19:58:55 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8110

Foto: Fred Magno/Light Press/Cruzeiro)

Escrevo ainda com cuidado, pois Mano Menezes pode reformar seu contrato com o Cruzeiro. Se não o fizer, segundo um importante e respeitável conselheiro do Palmeiras, Mano será o preferido para dirigir o time em 2018, seguido, na ordem de preferência (caso não aconteça o acordo do Palmeiras com Mano) por Abel Braga, técnico de bom currículo, que está no Fluminense lançando muitos garotos e lutando contra os perigos da zona da degola.

1- Futebol, já se sabe, não é ciência exata. E tudo pode  mudar como, por exemplo, na impossibilidade de contar com Mano Menezes- o preferido- ou Abel Braga- o Palmeiras passar a pensar em outros momes-como Roger Machado, Jair Ventura Filho… Mas acho difícil, pois este respeitável conselheiro que me falou em Mano Menezes, em primeiro lugar,  e Abel Braga nunca deixou de mostrar as tendência do clube. Se os planos serão concretizados ou não, é outra história.Por enquanto, fica Alberto Valentim.provavelmente até o fim do ano.

2-Ainda segundo a fonte, reforços virão. Um dos alvos prediletos-o que não é surpresa- é mesmo Lucas Lima, muito bom jogador. e que ao lado de um Moisés em plena forma(coisa que no momento não está) poderá melhorar muito a produção do meio-campo, com o futebol na base de dois meias- um mais recuado(Moisés) e outro mais livre (Lucas). Pensa-se em mais gente, claro- como laterais, um goleador, etc-, mas isso dependerá muito da opinião do novo técnico a ser contratado para o lugar que era de Cuca.

Foto: Divulgação

3- Quanto a Cuca, campeão brasileiro pelo Palmeiras em 2016, não sei exatamente o que aconteceu que ele não foi capaz de dar ao time o padrão de jogo, o futebol e os resultados esperados. Segundo a minha respeitável fonte, teriam acontecido alguns equívocos- a contratação de Deyverson, por exemplo, se bem que eu não o ache tão ruim- e também alguns atritos(Felipe Melo, por exemplo, quando foi afastado) ficando a sensação de que o clima não era tão ameno como no ano passado. Além disso, principalmente os resultados: eliminação da Copa do Brasil para o Cruzeiro, da Libertadores para o equatoriano Barcelona e o precoce fim do sonho de lutar pelo Campeonato Brasileiro.

Os resultados pesam muito.

Mesmo assim, continuo achando Cuca um bom técnico, realço a façanha de ter sido campeão brasileiro em 2016 e não acho anormal o fato de ter ido mal neste ano. Acontece. Que Cuca seja feliz no clube que o contratar.

]]>
11
Prass livrou o Palmeiras da derrota http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/13/prass-livrou-o-palmeiras-da-derrota/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/13/prass-livrou-o-palmeiras-da-derrota/#comments Fri, 13 Oct 2017 03:18:53 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8103

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Depois de um começo animador, quando fez 1 a 0 no Bahia (gol de Willian), e de seu segundo gol  (Bruno Henrique), o Palmeiras cedeu espaço , levou um gol no finzinho do primeiro tempo e só não levou a virada porque Fernando Prass fez pelo menos cinco grandes defesas. O jogo acabou empatado, 2 a 2 (Róger  Guedes fez pênalti em Mendoza) mas se houvesse um vencedor teria de ser o Bahia, que foi melhor do que o Palmeiras no segundo tempo, tendo, no total, 10 chances de gol contra apenas quatro da equipe dirigida por Cuca. Os gols do Bahia foram marcados por Edigar Junio.

Lamento dizer, mas o futebol do Palmeiras foi pífio, inconsistente, pior do que o próprio resultado. Em relação ao ano passado, o time está irreconhecível, desorganizado, incapaz de conter os contra-ataques dos adversários; sugere até que talvez seja necessária uma reformulação e também uma certa dose de paciência: não é possível que o grande Moisés de 2016 jogue apenas isso que mostrou nesta noite de quinta-feira- que tal esperar por ele para o ano que vem, com tempo suficiente, creio, de estar bem fisicamente ou em condições totais, já que vem de recuperação de grave lesão nos ligamentos; também acho difícil Dudu jogar essa bolinha, de perder gol feito quando quis concluir de calcanhar, pois já mostrou suas qualidades em outros tempos. Também não acredito que o Palmeiras deva ficar tão exposto aos contra-ataques. Falta de Mina? Falta de laterais adequados? Pode ser, em termos, mas um elenco tão badalado no começo do ano teria de contar com ausências eventuais, também; ou então, já que investiu tanto. ir ao Mercado em busca das peças certas.

Enfim, se o Bahia teve mais posse de bola, mais escanteios cobrados e, principalmente, mais chances de gol  (10 a 4, repito), não é hora de repensar o Palmeiras,cujo prêmio máximo neste ano é conseguir uma vaguinha na Libertadores?

Acredito que seja o momento certo de repensar o Palmeiras, sim. E não descartar também a utilização de  alguns jovens vindos da base.

É o mínimo, não?

]]>
12
Graças a Messi, a Argentina chegou.E o Brasil ganhou fácil http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/11/gracas-a-messi-a-argentina-chegou-e-o-brasil-ganhou-facil/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/11/gracas-a-messi-a-argentina-chegou-e-o-brasil-ganhou-facil/#comments Wed, 11 Oct 2017 04:45:10 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8100 Só um gigante do futebol  teria arte e força para executar o que Messi fez: com a Argentina em situação delicada, correndo sério risco de não ir à Copa da Rússia,com o Equador à frente no placar(1 a 0), Messi simplesmente fez o gol do empate, o gol da virada e um golaço para definir de vez a situação.

Três vezes Messi. E a Argentina classificada para a Copa do ano que vem.

Não se discute a qualidade de Messi. Apenas pergunta-se, às vezes, por que ele não é na Seleção da Argentina o mesmo astro do Barcelona. Pois esta façanha contra o Equador, diante da situação complicada, pode ser o começo da resposta, o início de novos tempos- ainda que tardios, quem sabe,

Impressionou em Messi a maneira com que encarou os gols. No primeiro, gol simples, nem festejou, correndo buscar a bola no fundo das redes, pois- para não depender de ninguém- a Argentina precisava ganhar; no segundo gol, este com um pouco de estilo, acertou belo chute;no terceiro- o golaço!- foi mais Messi do que nunca, ao invadir a área e encobrir o goleiro, chutando a bola no alto do canto direito do goleiro peruano.

Magnífico!

2- A Seleção Brasileira não teve a menor dificuldade em vencer o Chile, por 3 a 0.Disputou um belo segundo tempo. A equipe dirigida por Tite também não levou sustos. Mas deslanchou mesmo na etapa final, mesmo com Neymar com cartão amarelo, ele que deu bela assistência para Gabriel Jesus marcar o segundo gol brasileiro; antes foi Paulinho a marcar, abrindo o placar, aproveitando-se de rebote do goleiro chileno após bela falta cobrada por Daniel Alves.

E o terceiro gol foi até engraçado: Gabriel Jesus correu bem espaço para o gol vazio e entrou com aquilo que se chama de “bola e tudo”, jogada não só totalmente caracterizada porque Gabriel só deu uns dois passos depois da linha fatal.

Com a calma de quem já está classificada há um bom tempo, a Seleção Brasileira já está desenhada para a Copa do Mundo, talvez com um ou dois retoques- no gol deve jogar Allison, na lateral-esquerda, se estiver bem fisicamente, creio que o posto será de Marcelo. no ataque, parece não existir nenhuma dúvida de que a dupla de área será de Neymar(absoluto) e Gabriel Jesus, pois os dois se entendem perfeitamente. E assistidos por Coutinho,jogador muito habilidoso.

Enfim, se a Seleção vai ou não ganhar a Copa é outra história. Mas que Tite encaminhou bem a sua equipe, ah, isso ele fez.

]]>
2
A Seleção merecia vencer. E a Argentina em situação dramática http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/05/a-selecao-merecia-vencer-e-a-argentina-em-situacao-dramatica/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/05/a-selecao-merecia-vencer-e-a-argentina-em-situacao-dramatica/#comments Fri, 06 Oct 2017 02:31:48 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8096 1- O goleiro boliviano Lampe praticou alguns milagres. E Neymar e Gabriel Jesus perderam gols que não estão acostumados a desperdiçar. Assim, a Seleção Brasileira, driblou a altitude, dominou a partida, merecia vencer, mas não saiu do 0 a 0 diante da Bolívia, em La Paz.

Mesmo sem vencer, confesso que considerei boa a atuação da equipe dirigida por Tite, ainda mais jogando na temível  altitude de La Paz. Curiosamente, embora tenha perdido duas ou três chances ,  Neymar foi o grande jogador habitual, com dribles, piques mesmo na altitude e chutes de surpresa.Para ele, o problema foi a grande atuação de Lampe, goleiro que mais foi um “paredão”, perfeito nas saídas do gol, nas bolas rasteiras e nas bolas altas.

Acontece.

2-Ainda não é o fim- falta uma rodada-, mas é dramática a situação da  Seleção Argentina. Se fosse hoje, os argentinos estariam fora da Copa do Mundo da Rússia, sem  direito sequer à repescagem.

Nem Messi resolve.

Na verdade, Messi ainda pode ajudar, na última rodada, quando a Argentina enfrentará o Equador, em Quito, em partida que não parece fácil. Se vencerem, os argentinos ainda poderão torcer pelo Brasil contra o Chile, jogo que será disputado em São Paulo, na Arena do Palmeiras.Ah, contarão, ainda com o duelo Peru e Colômbia, em Lima, sendo impossível que as duas seleções façam três pontos .

Todo esse drama foi acentuado porque a Argentina não foi além de um empate de 0 a 0, na noite desta quinta-feira, mesmo jogando em La Bombonera.No fim, alguns aplausos e a sensação de que Argentina estaria fora da Copa. Ainda não está. Ainda.. Curiosamente, vi a Argentina ser eliminada pelo Peru na mesma Bombonera, quando eu quando eu era ainda um jóvem repórter jornal, em 1969. O jogo terminou em 2 a 2, o técnico do Per era o nosso Mestre Didi ” Folha Seca e a Argentina ficou fora da Copa de 70, no México,com o Brasil tricampeão do mundo.

O público fez silêncio ao final do jogo, Um silêncio que mais parecia um tango tr

]]>
1
Corinthians, ponto precioso; São Paulo, reação; Palmeiras, indefinição http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/01/corinthiansponto-precioso-sao-pauloreacao-palmeirasindefinicao/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/10/01/corinthiansponto-precioso-sao-pauloreacao-palmeirasindefinicao/#comments Mon, 02 Oct 2017 01:26:09 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8090 1- Agora são oito os pontos que separam o líder, o Corinthians, do seu mais direto perseguidor, o Santos. Vantagem ainda considerável, grande, mas que ainda não pode ser chamada de definitiva. Tem muito jogo pela frente!

De qualquer maneira, foi bom resultado para o Corinthians empatar com o Cruzeiro, no Mineirão. Embora tenha disputado um primeiro tempo ruim, o Corinthians teve chance até de conseguir algo mais na etapa final com o gol de Cl ayson (pênalti) e o gol anulado de Balbuena, que  o replay da tevê indicou ter sido legal. Lance muito difícil. A olho nu, então…

Quanto ao futebol exibido, o Corinthians não  mostrou que tinha chances de vitória. O primeiro tempo foi do Cruzeiro, que fez seu gol com Rafinha, embora depois o atual campeão da Copa do Brasil tenha dado sinais de cansaço. Era difícil estar totalmente recuperado depois do duelo com o Flamengo, na noite de quarta-feira, confronto  que terminou com a vitória cruzeirense na decisão por pênaltis.

Seja lá como for, o ponto conquistado pelo Corinthians frente ao Cruzeiro, fora de casa,é capaz de levantar ainda mais o seu astral, lembrar os bons tempos do primeiro turno, pois que neste segundo, o Corinthians tem apenas a quinta melhor campanha do returno. Muito pouco pára esta equipe- a provável campeã do Campeonato Brasileiro-, ela pode mais; e segue a luta, pois embora esteja em desvantagem de 8 pontos, não se pode desprezar a capacidade do Santos, principalmente quando Lucas Lima voltar da contusão e alimentar de novo o trio formado por Bruno Henrique, Ricardo Oliveira e Copete.

2- Até que enfim, o São Paulo deixou a zona da degola. E isso graças à vitória deste domingo diante do Sport, com gol de Marcos Guilherme- atacante arico e artilheiro- e duas defesas espetaculares de Sidão,goleiro que evitou o empate, no finzinho do jogo.Se for analisado individualmente, o São Paulo seria aprovado pelo número de bons jogadores- entre eles, Hernanes, Lucas Pratto,  Cueva, Marcos Guilherme, Rodrigo Caio,etc.

E tem também a força de sua fervorosa torcida em jogos no Morumbi.

O que aconteceu com o São Paulo, creio,para demorar tanto tempo na incômoda posição- e ainda lutar para continuar fora dela- foi uma série de falhas no sistema defensivo e a ansiedade que devia atrapalhar o rendimento da equipe enquanto situada lá no fim da tabela.

Acredito, no entanto, que o São Paulo seguirá firme em sua recuperação. Principalmente se jogar como o fez no primeiro tempo contra o Corinthians (empate de 1 a 1), quando jogou muita bola.

3- Mudanças futuras no Palmeiras?Pelos rumores dos bastidores palestrinos, é possível que aconteçam. Não é certeza. Mas já ouço de um respeitável conselheiro e de muitos torcedores que assim como está, não pode ficar: as seguidas eliminações- no Campeonato Paulista, na Copa do Brasil, na Libertadores e no oscilante futebol exibido no Campeonato Brasileiro-criaram uma espécie de frustração ao se verificar a diferença entre o que foi investido e o que foi conseguido.

Tanto o técnico Cuca- a quem considero bom estrategista- quanto o diretor remunerado,

Alexandre Matos, com sua fama de bom negociador, têm o crédito da brilhante campanha de 2016, quando o Palmeiras foi

campeão brasileiro. Com méritos. Mas já é sabido que o futebol vive de resultados atualizados e que as conquistas de ontem não significam estabilidade de hoje- o futebol é medido, sim, por resultados.

Assim, prefiro classificar de indefinição o que parece haver no momento. E nem ouso palpitar sobre o que pode ou não acontecer  para 2018. Melhor a cautela,pois não?

]]>
8
Ao bater o Palmeiras, o Santos alimenta seu sonho. http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/09/30/ao-bater-o-palmeiras-o-santos-alimenta-seu-sonho/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/09/30/ao-bater-o-palmeiras-o-santos-alimenta-seu-sonho/#comments Sun, 01 Oct 2017 01:30:12 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8083

Fotos: Ivan Storti/Santos FC

Simples assim: Bruno Henrique apanhou a bola pela esquerda, centrou com perfeição para o meio da área e Ricardo  Oliveira- de cabeça- consolidou a vitória do Santos sobre o Palmeiras. 1 a  0.  Para o Santos, a vitória significa mais do que outro triunfo em clássico; serve também para alimentar o sonho de perseguir- e quem sabe alcançar- o líder Corinthians, que neste domingo enfrentará o Cruzeiro, em Belo Horizonte.

É difícil? Claro que é. Mas difícil também foi o clássico com o Palmeiras, com muita chuva encharcando o gramado- especialmente no primeiro tempo, quando houve mais água do que  futebol: no segundo tempo, com o gramado melhor e sem a chuva intensa, o Palmeiras até teve mais volume de jogo, atacou mais, perdeu uma chance incrível com Dudu, mas quem chegou lá foi o Santos, com o gol de Ricardo Oliveira.

E o Santos jogou desfalcado, pois estava sem Renato, Victor Ferraz e também sem o craque da equipe, Lucas Lima- este, o meia que atua pela direita, pela esquerda, pelo centro. Mesmo assim, o Santos foi seguro em sua defesa, equilibrado no meio-campo e perigoso com seus três atacantes  (Copete, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira). É um time perigoso esse Santos, atualmente a sete pontos do líder Corinthians (pelo menos antes do jogo dos corintianos com o Cruzeiro), uma equipe com poder de decisão.

Quanto ao Palmeiras, diante de mais de 35 mil pessoas no estádio, creio que deu  o seu adeus às poucas chances que ainda pensava ter na luta pelo título. Resta-lhe, acredito,  ainda lutar pela vaga na Libertadores, exibir um futebol mais consistente e, diante dos fiascos do ano, repensar o elenco para 2018. Repensar não quer dizer limpeza, mas sim trocar algumas peças que não deram certo e investir em dois ou três craques que decidam.

Neste ano, ah, neste ano o Palmeiras não emplacou. E nem deu liga.

]]>
7
Ponto bom para o Corinthians, mau para o São Paulo. E o Palmeiras… http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/09/25/ponto-bom-para-o-corinthians-mau-para-o-sao-paulo-e-o-palmeiras/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/09/25/ponto-bom-para-o-corinthians-mau-para-o-sao-paulo-e-o-palmeiras/#comments Mon, 25 Sep 2017 03:18:42 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8074

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

1- Lances polêmicos à parte- e já digo que não vi falta de Rodriguinho em Júnior Tavares, no gol de empate corintiano- o resumo da ópera foi o seguinte: o São Paulo foi melhor  no primeiro tempo, o próprio técnico Carille reconheceu que o Corinthians ficou devendo na etapa inicial; no segundo tempo , no entanto, com Marquinhos Gabriel no lugar de Jadson (que não estava bem), o Corinthians melhorou e chegou ao empate em jogada de indecisão de Junior Tavares, que acabou perdendo a bola e levando um drible de Rodriguinho, lance que terminou no gol de Clayson.

Para o São Paulo- que chegou a dar a impressão de que iria arrasar- o ponto conquistado foi muito pouco, insuficiente, pois que com as vitórias do Bahia (sobre o Grêmio, 1 a 0) e do Vitória (3 a 1, diante do Atlético Mineiro, fora de casa), ah , com esses resultados o tricolor permanece na zona do rebaixamento. Creio que sairá dela, mais cedo ou mais tarde, mas futebol, todos sabem, muitas vezes  dribla a lógica.

Já para o Corinthians- que não anda mostrando um bom futebol- o empate foi especial e, como disputou um primeiro turno fantástico, aproveita-se agora da “gordurinha” acumulada e está em situação muito confortável: 10 pontos na frente do segundo colocado, agora o Santos, despontando, ainda, como o grande favorito ao título. Mas aquilo que disse para o São Paulo, também serve para o Corinthians: o futebol, ah , o futebol já é veterano em surpreender.

Esperemos, pois pelas rodadas que faltam.

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

2- O Palmeiras reagiu, pelo menos nos resultados. E neste domingo, controlou bem a partida contra o Fluminense, vencendo por 1 a 0 (golaço de Egídio) e criando outras boas chances (com

Juninho e Róger Guedes, por exemplo) para fazer o segundo gol que acabou não acontecendo.

Mas mesmo só com um golzinho, o Palmeiras empatou com o Grêmio em número de pontos (perde no critério de desempate), está a um ponto do Santos e a 11 do Corinthians. A diferença para o líder ainda é muito grande, é missão quase impossível desfazê-la, mas, matematicamente …

Na verdade, creio que o Palmeiras estará brigando para ficar entre os melhores, naquele duelo por um lugar na Libertadores. Mero palpite. Aliás, palpite óbvio. Mas sinto que a equipe está mais consistente, mais organizada e não ouso palpitar sobre o que exatamente acontecerá.

O jeito é esperar.

]]>
7
Corinthians e Santos: eliminados. E o Grêmio avança na Libertadores http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/09/21/corinthians-e-santos-eliminados-e-o-gremio-avanca-na-libertadores/ http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/2017/09/21/corinthians-e-santos-eliminados-e-o-gremio-avanca-na-libertadores/#comments Thu, 21 Sep 2017 04:35:37 +0000 http://blogdoavallone.blogosfera.uol.com.br/?p=8067 1-  Foi um tal de vira-vira de canal, para poder ver, pela tevê, os melhores momentos de Racing e Corinthians, pela Copa Sul- Americana; Santos e Barcelona, do Equador , pela Libertadores. Quanto ao jogo do Corinthians, já era sabido  que um empate de 0 a 0 favoreceria os argentinos do Racing, pois, no Brasil(na Arena d0 Corinthians) acontecera o empate de 1 a 1, com o gol fora de casa do Racing prevalecendo em caso do critério de desempate.

O primeiro tempo foi fraco. O Racing ainda criou uma chance clara de gol, o Corinthians não queria muito jogar na ofensiva: o futebol da primeira etapa sugeria empate, talvez aquele 0 a 0, indesejado pelos corintianos. Na segunda etapa, a entrada de Rodriguinho foi um esperança uma grande esperança. Mas tão grande quanto breve: três minutos depois de sua entrada, Rodriguinho, de forma nada elegante, entrou com o pé alto, derrubando González e levando cartão vermelho. Não havia muito o que fazer, depois disso. No decorrer  da partida, Jô também levou cartão vermelho.

Mas a essa altura a eliminação corintiana já estava decretada.

2-  O que mais prejudicou o Santos nessa sua eliminação da Libertadores, na Vila Belmiro, diante do equatoriano Barcelona? Creio que a ausência de Lucas Lima, o dínamo da equipe, o jogador que atua na  direita, na esquerda, em todos os lugares do campo, Nem sempre é reconhecido como deveria. Sua ausência, no entanto, foi fatal para o Santos.

Barcelona ,1 a 0, gol de  Álvez, de cabeça.

Álvez foi expulso, o Santos ficou com 11 jogadores contra 10; depois, Bruno Henrique e Gabriel Marques se desentenderam- cusparada de um lado, tapa na cara do outro- e levaram cartão vermelho, expulsos com toda a justiça.

O Santos, mesmo assim, dava a  a impressão de jogar todinho no ataque. Na verdade, só impressão: sem Lucas Lima, não havia nenhum articulação. A eliminação estava decretada.

3-  Segundo o técnico do Grêmio, Renato Gaúcho, o negócio agora era comemorar com um chope e “o jogo foi mais pegado do que jogado”. Até certo ponto, é verdade, pois pareceu mesmo uma típica partida de Libertadores, com mais raça do que técnica, Até certo ponto, eu disse,pois nos lances que vi, até aconteceram jogadas interessantes: um chute na trave de Fernandinho, pelo Grêmio: outro na trave, desta vez de Bruno Silva, do Botafogo. Aliás, tive a impressão que, na tapa inicial, o Botafogo surpreendeu e mostrou mais qualidade do que o Grêmio.

O que não aconteceu na etapa final, com o Grêmio jogando com total disposição e encontrando em Lucas Barrios, o homem certo para decidir a questão: foi Barrios, com certeira cabeçada, o homem que deu a vitória (1 a 0) e a classificação para o time da casa.

O Grêmio é semifinalista da Libertadores.

]]>
5