Blog do Avallone

Palmeiras, goleada e dor. Corinthians, a chance no clássico

Roberto Avallone

Foto: Fernando Dantas

1- Em sua melhor exibição neste Campeonato Paulista até agora, o Palmeiras goleou o Linense, 4 a 0, em Araraquara. E a festa poderia ter sido completa pelos gols de Willian, Raphael Veiga, Michel Bastos e Lucas Barrios; poderia , eu disse, pois a dor que Moisés sentiu em seu joelho esquerdo foi a dor de todo o Palmeiras, que sabe da importância de seu camisa 10 para o restante da temporada.

Até o momento em que escrevo, não se sabe ainda o que exatamente ocorreu com Moisés. Parece, no entanto, que nada teve de leve- o que complica a situação da equipe, pois, em minha opinião, Moisés é talvez o mais eficiente jogador do elenco, versátil, capaz de em um só jogo, exercer a condição de segundo volante, de meia e ainda de exímio cobrador de laterais.

Às vezes, como na vida, no futebol é preciso ter sorte. E que a sorte esteja ao lado de Moisés.

Quanto ao jogo em si, o Palmeiras dominou o Linense do começo ao fim, com extrema facilidade e aproveitou-se da fome de bola de jogadores que brigam para ser titulares e que, talvez por mera coincidência, fizeram os gols: o '' falso 9″ Willian, a revelação Raphael Veiga, Michel Bastos e o desejo de dar a volta por cima e Lucas Barrios , que finalmente teve uma chance.

Além disso, o Palmeiras contou com a bela performance de Dudu, com a atuação sempre segura de Mina, com a firmeza de Vitor Hugo e Prass. Enfim, teria sido uma tarde para comemorar e aquecer o clássico com o Corinthians, não fosse a contusão de Moisés.

Foto: Divulgação

2- Não acredito em favoritismo em um clássico do porte de Corinthians e Palmeiras. Quantas e quantas vezes, já vi o que está em posição inferior bater o que está à frente…

Ainda mais sendo o clássico disputado no estádio corintiano, a  Arena do Corinthians, que sabe ser o jogo contra o Palmeiras um possível divisor de águas. Já não é mais como antes, mas em outros tempos dizia-se que Palmeiras e Corinthians, Corinthians e Palmeiras é '' jogo que equivale a um Campeonato à parte''.

Por enquanto, os dois rivais estão empatados em pontos(9) no Campeonato. O Corinthians vem de vitória contra o Audax, 1 a 0, em Osasco, partida que disputou burocraticamente e que terminou com o gol de Kazim. No futebol, no entanto, o Corinthians ainda não convenceu e está à espera de Jadson para melhorar a criação em seu meio- campo.

Mas como dizia o personagem do ator Lima Duarte no filme Boleiros, definia mais ou menos assim o clássico: ''só quem está aqui dentro sabe o que é um Corinthians e Palmeiras''.

Na quarta-feira teremos só mais um episódio desse eterno duelo.